Casagrande e Paulo Vinícius Coelho (PVC) trocaram farpas ao vivo no SporTV na tarde desta sexta-feira (21), durante o 'Seleção'. De acordo com publicação do LANCE!, Casagrande lembrou de uma discussão entre PVC e Edmundo, no FOX Sports, para mostrar que o analista não aceita ser rebatido.

Eles debatiam sobre a final do Campeonato Paulista. Em determinado ponto, Casão rebateu PVC sobre a utilização de reservas em decisões ou perto de finalíssimas de Estaduais, discordando que os jogadores entendam que os campeonatos locais são menores. PVC argumentou que, na Inglaterra, copas e ligas menos badaladas são menos prioritárias.

Em seguida, o ex-jogador de Corinthians e Seleção ponderou novamente que jornalistas não têm a mesma experiência em campo que os atletas. O clima esquentou entre eles quando Casão resolveu dar uma "dica" e lembrou uma polêmica com Edmundo.

- Só falo uma coisa. Vou repetir o Edmundo: "Você tem razão, PVC" - ironizou o ex-atacante. Paulo apenas disse que Casagrande estava sendo grosseiro.

- Não estou. Quando você está debatendo um assunto, a outra pessoa não consegue... Sempre vem com uma resposta. O debate já deveria ter acabado. Não é o programa do PVC e Casagrande. Quando eu dou minha opinião como ex-jogador e eu acho que vai acabar o debate, você vem com outra coisa em cima. É a sua característica. Eu também tenho as minhas que incomodam outras pessoas - completou Walter, que argumentou que não estava sendo crítico.

- Vou te dizer uma última coisa: o Edmundo é muito meu amigo. Gosto muito dele - disse PVC, incomodado e tentando finalizar a cena de desacordo. Casagrande ainda tentou se explicar, questionando se ele havia dito que Edmundo não gostava de PVC.

Rizek interrompeu os dois e valorizou o debate entre eles. Segundo o apresentador do programa, o jornalista e o ex-atleta apenas possuem pontos diferentes. Após o clima quente, Casagrande pediu que PVC não ficasse chateado.

- Não estou bravo, estou triste. Você falou de uma coisa, de um acontecimento que está absolutamente do passado, e que você nunca me perguntou - disse PVC, que recebeu o afago de Casão.

- Desculpa, eu não sabia do peso que isso tinha para você. Eu não quis te desrespeitar nem te deixar triste. Digo isso porque eu sou uma pessoa que sou muito atacada, e fico triste muitas vezes ao longo do dia. Quando eu vejo um comentário agressivo, preconceituoso como o do presidente do Atlético (Goianiense) - completou Casagrande, que encerrou:

- Eu me desculpo (com você), porque puxei uma coisa do passado que não sei quais foram as consequências dessa história. Dei um exemplo do meu passado e que as pessoas puxam também. No meu caso, para agredir. Não tive a intenção de agredir. Era uma brincadeira e não sabia.  

ATUALIZAÇÃO: Casagrande minimizou a discussão. "Não aconteceu nada demais. Eu e o PVC somos amigos da antiga mesmo. Debate sobre futebol é assim mesmo. Acabou ali", disse ele à coluna de Gabriel Vaquer, no UOL Esporte. Internamente o episódio foi considerado normal. Colegas e chefes na Globo consideraram uma discussão sobre futebol que passou do ponto em alguns momentos, algo que pode acontecer em um programa de debate ao vivo.

Foto: Reprodução/SporTV