Band quer resolver problema da transmissão da Fórmula 1 nas antenas parabólicas

(Reprodução)

A Band pretende resolver a maior queixa dos telespectadores em relação a Fórmula 1 no Grande Prêmio no Bahrein do último domingo (28): a falta de exibição da corrida nas antenas parabólicas em todo o Brasil. De acordo com a coluna de Gabriel Vaquer, no UOL Esporte, o canal já está ciente do problema e pretende ajustar a situação, mesmo que não exista prazo estipulado para a solução. 

O motivo do bloqueio é que o sinal de antenas parabólicas pode ser captado em outros países da América Latina vizinhos ao Brasil, como Uruguai e Paraguai, por exemplo. Para evitar que isso aconteça, a Band precisa fazer algo que não faz atualmente, o chamado "geoblocking", para tentar impedir a exibição para quem está fora do Brasil.

Boa parte dos argumentos apresentados pelo público para a reclamação é que a Globo exibia normalmente as corridas da Fórmula 1. Mas desde os anos 2000, a emissora carioca adota o bloqueio em suas transmissões esportivas.




Band quer resolver problema da transmissão da Fórmula 1 nas antenas parabólicas Band quer resolver problema da transmissão da Fórmula 1 nas antenas parabólicas Reviewed by Ribamar Xavier on 31.3.21 Rating: 5

5 comentários:

  1. Já passou da hora de resolver isso, tá acontecendo desse 2019. É os caras nunca resolveram!!

    ResponderExcluir
  2. Isto é um absurdo. Se for assim nas cidades q fazem fronteira com outros países uma emissora seja geradora ou retransmissora estava impedida de exibir as corridas pq o sinal extrapola os limites territoriais do Brasil

    ResponderExcluir
  3. Quem usa parabolica em 2021? Deve ter uns dez anos que não vejo uma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você deve ser de Washington, Dubai ou coisa assim.

      Excluir
  4. Nossa! vove deve estar em Washington ou Dubai,quanta ironia e exaltação de superioridade.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.