Warnermedia sobre não ter canal esportivo: "sem conteúdo ao vivo, a audiência não é tão alta"

(Reprodução)

A Warner Media apresentou, oficialmente, a TNT Sports para a América Latina, mas diferente do que acontece com Argentina e Chile, a empresa não terá um canal no Brasil. A estratégia permanecerá a mesma que acontecia com o Esporte Interativo, antiga marca esportiva do grupo, e do que acontece no momento com a atual marca.

De acordo com a Máquina do Esporte, a explicação foi dada por Fábio Medeiros, fundador do Esporte Interativo e atual vice-presidente de esportes para a América Latina da Warner Media, em encontro virtual com jornalistas. Segundo o executivo, não há produtos suficientes no Brasil para justificar um canal fixo na grade e, sem conteúdo ao vivo, a audiência não é tão alta.

A decisão é contrária ao que acontece no Chile e na Argentina. No Chile, a TNT Sports substituiu o Canal Del Fútbol (CDF), em movimente semelhante ao que aconteceu no Brasil com a marca Esporte Interativo. Na Argentina, já havia o atual nome, que agora ganhou os mesmos elementos de comunicação.

A diferença para esses países é que os canais mantêm mais conteúdo local. No Brasil, a TNT Sports exibe a Liga dos Campeões, a Nations League, as Eliminatórias europeias da Copa do Mundo, o Campeonato Italiano e algumas partidas do Campeonato Brasileiro que seriam insuficiente para encher a grade com conteúdo ao vivo.




Warnermedia sobre não ter canal esportivo: "sem conteúdo ao vivo, a audiência não é tão alta" Warnermedia sobre não ter canal esportivo: "sem conteúdo ao vivo, a audiência não é tão alta" Reviewed by Ribamar Xavier on 11.2.21 Rating: 5

4 comentários:

  1. O problema é a lacuna que fica na cobertura dos eventos que possui. As rodadas da Champions são espaçadas e o canal sem os jogos ao vivo não faz qualquer cobertura ou divulgação do evento. Passou o jogo a competição morreu e muitos nem ficam sabendo qual o próximo jogo. O público do futebol nem sempre é o mesmo do canal de filmes, portanto o telespectador não vão ficar assistindo canal de filmes para saber sobre futebol. Está sendo econômico o vp da Warner Média mas seus argumentos prejudicam muito a esposição dos eventos.

    ResponderExcluir
  2. Fábio Medeiros , que burrada foi o Esporte Interativo sair da Tv Aberta. Ali não tinha concorrência para o canal , foi para o sinal pago onde tem muita concorrência e o público potencial é muito melhor. Na aberta , com Copa do Nordeste , Estaduais , Série C e D , esportes olimpicos como Liga de Handebol , Mundial de Handebol , Liga dos Campeões de VÔlei , olimpíadas da juventude , esportes de inverno, competições de base , Liga dos Campeões da Ásia , da África , Copa Africana de Nações , Copa da Ásia ,algum campeonato europeu que sobrar (nada de liga asiática como Indiano) , já se fazia uma grade legal ao vivo , para o público de tv aberta , teria sim um público para cada evento , a TVN Sports é um sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'no sinal pago tem muita concorrência e o público potencial é muito MENOR'

      Excluir
    2. Isso mesmo. Vale lembrar que eles tinham vários campeonatos antes de encerar os canais EI.

      Série C, Copa do Nordeste, Mundial de Handebol, Europeu e Sulamericano de Basquete, entre muitos outros. A desculpa não colou.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.