(Reprodução)

O SBT mostra a Copa do Nordeste apenas para a região onde os jogos acontecem, mas, nos bastidores, já há uma movimentação efetiva de nacionalização da competição em sinal aberto em 2021. É o que informa o blog do Cássio Zirpoli.

A articulação é por um ajuste contratual, pois o acordo vigente em sinal aberto contempla apenas os estados nordestinos – somando todos os acordos, o Nordestão tem uma receita de R$ 34 milhões. Ou seja, não basta que o SBT queira passar, precisa ter o direito. Enquanto a Liga do Nordeste tenta ampliar um pouco mais a receita, a direção do SBT justifica, num primeiro momento, que a exibição nos 27 estados, sem custo adicional à emissora, resultaria em ganhos indiretos à copa.

A ideia é exibir a final em 8 de maio, até mesmo pela dificuldade de encaixe de outros jogos na nova grade nacional do SBT, que terá a concorrência de outros torneios como o Carioca, provavelmente – com jogos às terças (noite) e sábados (tarde).