(Reprodução)

A Flórida Cup, torneio de pré-temporada realizado nos Estados Unidos, está processando a Band por quebra de contrato. De acordo com o UOL Esporte, a organização do campeonato alega que a emissora não cumpriu acordos para exibir partidas do torneio em 2020, o que teria causado prejuízos ao torneio.

A indenização pedida é de R$ 610 mil, equivalente a cotas de patrocínio que seriam vendidas pela Band. O valor arrecadado seria dividido entre a Flórida Cup e a emissora paulista.

A organização do torneio alega que a Band e o seu departamento comercial não venderam as cotas e alegam que a emissora não avisou em tempo hábil o evento sobre a situação para que uma saída pudesse ser tomada.