(Reprodução)

Três jornalistas do Grupo Globo tiveram seus números pessoais vazados em grupos de WhatsApp durante a última semana e receberam ameaças de torcedores do Santos. O UOL Esporte informa que entre os ameaçados estão os jornalistas Rodrigo Capelo, especializado em negócios do esporte e que atua no SporTV, e o apresentador do programa 'Tá na Área', do Sportv, Carlos Cereto. O caso mais grave aconteceu com Ana Thaís Matos, comentarista de futebol da emissora. Marília Ruiz, blogueira do UOL Esporte e comentarista da Band, também recebeu ameaças.

O número pessoal de Ana Thaís foi jogado em diversos grupos que apoiavam a contratação de Robinho. A comentarista chegou a receber ligações e mensagens com ameaças contra sua integridade física. A jornalista ter de desativar sua conta no WhatsApp por segurança.

Ana teve que pedir para seus familiares e amigos se comunicarem com ela por outras redes sociais, como por mensagem privada no Instagram. A jornalista reportou o que houve para a Globo, que contatou as autoridades.

A Globo está assustada com a situação, pois considera um ataque grave aos seus contratados. A emissora está dando suporte jurídico e de segurança pessoal para os envolvidos. O caso já está na Polícia especializada em crimes virtuais para investigação.