ESPN vai mostrar uma partida da Libertadores após 21 anos; entenda

(Reprodução)

Uma situação excepcional vai fazer com que a ESPN volte a transmitir uma partida da Copa Libertadores da América, após 21 anos. A emissora vai exibir a partida entre LDU x Binacional, na próxima terça-feira (29), a partir das 21h30 (horário de Brasília). Todavia, será apenas e unicamente essa partida, com a Libertadores se mantendo no FOX Sports em todas as demais.

De acordo com o UOL Esporte, como existem três partidas marcadas para o horário das 21h30 na terça, e todas elas são de direito da Disney, a empresa não teve outra opção se não colocar uma dessas partidas na ESPN, por que só existem dois canais do FOX Sports no Brasil, e eles vão exibir América de Cali x Internacional e Boca Juniors x Libertad.

Para que não tivesse problemas com o jogo, a Disney pediu uma autorização especial ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para exibir a partida.




ESPN vai mostrar uma partida da Libertadores após 21 anos; entenda ESPN vai mostrar uma partida da Libertadores após 21 anos; entenda Reviewed by Ribamar Xavier on 26.9.20 Rating: 5

11 comentários:

  1. Não entendi. Todas as matérias da época da fusão (INCLUSIVE aqui no site de vocês) diziam que a Disney tinha que manter o Fox Sports no ar até Janeiro de 2022 e mantê-lo interessante, com a Libertadores lá, mas não somente lá, ou seja, os direitos da Libertadores também poderiam ser compartilhados, caso a Disney quisesse, então como diabos eles precisaram “pedir uma autorização especial” ao CADE para mostrar o jogo? Vocês passaram a informação errada para seus leitores ou também estão tão surpresos quanto nós?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilhar, seria passar o mesmo jogo. a Espn pode passar, mas desde que não seja exclusivo, tem que passar tbm na Fox

      Excluir
    2. Não, Rafael, compartilhar OS DIREITOS, não os jogos. De onde tirou esse do MESMO jogo passando nos dois canais, cara? rs

      Pode passar qualquer jogo em qualquer um dos dois canais, só não pode passar na ESPN (o campeonato) e não ter nem um jogo na Fox. É isso que fala na decisão do CADE.

      Excluir
  2. Tá, vamos lá, infelizmente o pessoal do Esporte e Mídia só copiou e colou, que é uma coisa que não se espera de um site especializado. A matéria do UOL é confusa, fui atrás no site do CADE e lá dá a entender que a Disney pode, sim, transmitir qualquer jogo da Libertadores nos canais ESPN sem precisar “pedir autorização” nenhuma e só não o fez até agora porque não quis.

    O acordo obriga a Disney a manter o canal principal do FOX Sports no ar até 1º de Janeiro de 2022 e “com o mesmo padrão de qualidade” que eles têm hoje, mantendo na grade todos os eventos esportivos que eles já passavam, incluindo principalmente o único que presta, que é a Libertadores da América.

    Então a Disney pode compartilhar todos os direitos do Fox Sports (incluindo Libertadores) entre todos os seus canais, mas não pode tirá-los em definitivo de lá. O que torna muito estranho essa história do “pedir autorização”. Porquê precisariam pedir autorização de um troço já autorizado? Erro do repórter do UOL? Ou faltou informação no que foi divulgado na época pelo CADE e que consta no site até hoje (e que foi o mesmo divulgado por todos os meios, incluindo o próprio UOL e o Esporte e Mídia na época) e o acordo têm cláusulas desconhecidas?

    Muito estranho. Tudo que envolve essa fusão é confuso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles não podem passar jogos da Libertadores de forma exclusiva na ESPN.

      Teriam que passar o mesmo jogo da Fox, o que dividiria a audiência. Por isso preferiram manter só na Fox.

      Ness caso específico pediram autorização para que o jogo não ficasse sem transmissão.

      Entendeu agora?

      Excluir
    2. Tá errado, Caio. A única coisa certa é que eles não podem passar a competição somente na ESPN, tem que continuar passando na Fox. Não existe essa de passar O MESMO JOGO na Fox, de onde vocês estão tirando essa história, não tem em ligar nenhum... me manda o link, por favor, porque onde vi (incluindo no próprio CADE não fiz nada disso). Então eles não precisariam pedir nenhuma autorização para passar nenhum jogo da Libertadores na ESPN. A não ser que naquela noite eles tenham direito somente a UM JOGO da competição, então esse jogo obrigatoriamente teria que passar na Fox.

      Por isso continuo sem entender nada dessa história. Agora, se você puder, por favor, me mandar o link da onde leu isso eu te agradeço, porque não tem na decisão publicado no próprio site do CADE e em nenhum outro meio de comunicação, nem na época nem agora.

      Excluir
  3. Pedir autorização por uma coisa que já é dela kklkkk boa esporte e mídia.

    ResponderExcluir
  4. E a ESPN transmite a Premier League e La liga com jogos diferentes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. O acordo para aprovar a fusão diz somente para manter 1 dos dois canais Fox no ar até Janeiro/22 e não tirar os direitos esportivos deles para serem exclusivos de outro lugar, ou seja, “manter com a mesma qualidade de hoje”, como diz explicitamente a decisão publicada no site do CADE. Em miúdos: pode compartilhar entre os canais todos os direitos que quiser, só não pode tirá-los em definitivo de lá, então não tem essa do “mesmo jogo em canais diferentes” e nem mesmo o porque pedir autorização para isso.

      Ou tem alguma informação errada aí (na matéria do UOL copiada e colada pelo EsporteeMidia sem critério) ou o CADE não publicou a informação completa sobre a decisão em seu próprio site...

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.