Em carta, Globo pede à Conmebol rescisão de contrato da Libertadores

A Globo enviou carta a Conmebol com intuito de rescindir o contrato de transmissão da Copa Libertadores da América. A informação foi publicada pelo blog do Rodrigo Mattos, no UOL Esporte. O documento foi mandado pela emissora após uma tentativa de redução dos valores dos contratos que não foi aceita pela entidade.

Apesar de pedir a rescisão, não está claro se a emissora vai desistir de vez da competição: há a possibilidade de tentar novo acordo por valor menor. A Globo ainda não se manifestou sobre o assunto.

O contrato da Libertadores foi fechado após uma licitação feita pela Conmebol. Os direitos foram divididos em quatro pacotes, dois adquiridos pela Globo e Sportv. Com isso, a emissora tem que fazer um total de US$ 65 milhões em pagamentos anuais para a entidade sul-americana.

O contrato foi feito quando o dólar estava em R$ 3,88, sendo que agora o câmbio marca R$ 5,33. Com isso, o contrato teve um salto de praticamente R$ 100 milhões por ano, atingindo R$ 346 milhões para as duas mídias.

Leia, na íntegra, nota da Globo sobre o assunto:

"Diante do cenário extremamente desafiador provocado pela crise econômica e potencializado pela pandemia de COVID-19, a Globo vem fazendo uma revisão completa de seu portfólio de direitos.

Nesse contexto, e tendo em vista a suspensão daquela competição por vários meses, a empresa tentou renegociar com a Conmebol o contrato da Libertadores, válido até 2022, mas infelizmente não houve acordo. Assim, não restou alternativa à Globo a não ser rescindir o contrato.

Grandes players mundiais têm sido obrigados a renegociar seus acordos sobre eventos esportivos em razão da crise econômica provocada pela Covid-19, que, no Brasil, ainda é acentuada pela desvalorização cambial, que multiplica o valor dos contratos em dólar. Como principal competição de clubes das Américas, a Libertadores continua sendo importante para a Globo.

No entanto, para que sua transmissão seja viável e satisfatória para todas as partes envolvidas, ela precisa se adequar à nova realidade mundial dos direitos esportivos e à situação econômica vivida pelo país. Por fim, é importante esclarecer que havia no contrato cláusula específica de rescisão em caso de suspensão da competição por períodos prolongados, por motivo de força maior."





Em carta, Globo pede à Conmebol rescisão de contrato da Libertadores Em carta, Globo pede à Conmebol rescisão de contrato da Libertadores Reviewed by Ribamar Xavier on 6.8.20 Rating: 5

5 comentários:

  1. E Agora Plim Plim?
    O Que Você Irá Fazer?

    ResponderExcluir
  2. Alerta vermelho ligado na CONMEBOL. Já ficaram surpresos com a devolução dos direitos de transmissão da Sul-A e Recopa pela DAZN, imagina como ficarão ao ver a Globo optando pelo mesmo caminho?

    Fato é: se algumas competições quiserem ter a audiência do mercado brasileiro, as mediadores e licitações vão precisar aceitar a nova realidade econômica por aqui. Do contrário, sofreremos um apagão esportivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os valores hoje dessas competições estão totalmente fora da realidade com o valor do dólar ... E olha o risco que a CONMEBOL corre de ficar sem transmissão do seu principal campeonato das Américas em TV aberta ... Ou a CONMEBOL revisa seus contratos e faz uma licitação justa com a nossa realidade ou então adeus libertadores na tv aberta ... A sorte da FOX eh que a chegada do grupo Disney veio nessa hora se bem que eles devem tá achando tmb ruim esse valor ... Mas por enquanto parece que libertadores só no grupo Disney e somente alguns jogos do pacote que ela adquiriu ...

      Excluir
  3. Realidade que já era mais ou menos "prevista" mais pra frente, com a Pandemia foi encurtada e se acostumem, Futebol na TV Aberta vai ficar cada vez mais escasso.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.