Globo revoga modelo de receitas do Brasileirão por causa da pandemia

(Reprodução)
Para a temporada 2020, influenciada fortemente pela Covid-19, a Globo aboliu o modelo de divisão variável da receita distribuída aos clubes durante o Campeonato Brasileiro. De acordo com a Máquina do Esporte, a proposta assinada pelo Coritiba, por exemplo, não prevê a divisão da receita na proporção de 40-30-30, sendo 40% dividido igualitariamente entre os clubes, 30% conforme a performance esportiva e 30% pelo número de jogos na TV.

O motivo alegado pela Globo para oferecer apenas um valor fixo ao clube paranaense para os contratos de TV aberta e pay-per-view foi a pandemia. Com menor previsão de receita com os direitos de transmissão do Brasileirão, a emissora ofereceu R$ 22 milhões fixos ao clube.

A Globo afirmou, porém, que não pretende abandonar o modelo de divisão de cotas, considerando o ano de 2020 como excepcional.

"O acordo firmado com o Coritiba não significa abandono do modelo adotado desde 2019. É uma solução encontrada em conjunto pelas partes, diante das circunstâncias atípicas que todos vivemos", respondeu a comunicação da emissora.




Globo revoga modelo de receitas do Brasileirão por causa da pandemia Globo revoga modelo de receitas do Brasileirão por causa da pandemia Reviewed by Ribamar Xavier on 27.7.20 Rating: 5

Um comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.