"Não quero que os outros lucrem sem o Corinthians ganhar", diz Andrés Sanchez sobre atrito com site

(Foto: Peter Leone/O Fotográfico/Lancepress!)
(Foto: Peter Leone/O Fotográfico/Lancepress!)
Na última terça-feira (9), o Corinthians soltou comunicado afirmando que, a partir de agora, notificará todos os produtores de conteúdo que falam exclusivamente sobre o Corinthians. O comunicado tinha um endereço certo: o site 'Meu Timão'.

No texto, o Corinthians diz que a medida tem como objetivo a "defesa de seus interesses econômicos". O caso passou a repercutir bastante nas redes sociais, fazendo surgir um movimento chamado #freemeutimao, condenando a ação iniciada pelo clube.

O 'Meu Timão' tem revelado, nos últimos meses, diversas situações desfavoráveis ao Corinthians, como o prejuízo de R$ 177 milhões que o clube teve em 2019, o atraso no pagamento de salários e a derrota em processos judiciais movidos por ex-jogadores.

"Quando chegou para mim que o 'Meu Timão' havia recebido uma proposta de compra milionária, eu fiquei atento. Só aí fiquei sabendo que eles fazem muito dinheiro com publicidade no site. E nós somos obrigados a defender a marca do Corinthians", disse o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez à Máquina do Esporte.

O mandatário do clube afirmou que, com isso, consultou os departamentos de marketing e jurídico, que o aconselharam a notificar o site e outros sobre o uso indevido da marca, quando não há remuneração para ter a licença de usar marcas registradas do clube. Uma das alegações é que o termo "Timão" é registrado pelo Corinthians.


"Ou se faz o licenciamento, ou tira do ar. Não quero cercear a liberdade de ninguém publicar conteúdo sobre o Corinthians. Desde que venham e façam uma parceria com o clube", completou.

"Queremos dividir os lucros. Na Europa, se faz muito isso. Não quero que os outros lucrem sem o Corinthians ganhar também", disse o dirigente.

Já Danilo Augusto, proprietário do site, afirmou que recebeu a notificação do clube, mas rechaçou um acordo para licenciamento de marca.

"Eu não acredito que eu teria liberdade jornalística e editorial a partir do momento que eu seja um parceiro oficial do Corinthians", afirmou.

"Não houve diálogo com o clube até o momento. Chegou apenas a notificação dizendo que estaríamos fazendo o uso ilegal da palavra 'Timão'. A palavra 'Timão' não é uma marca de alto renome e não é registrada integralmente e exclusivamente para o Corinthians. Eles têm o direito em algumas categorias de registro, mas não para a prática de jornalismo, por exemplo. É estranho isso acontecer depois de 11 anos, mas tenho certeza de que o Corinthians, que defende a democracia, vai entender a importância da imprensa livre", completou Danilo.




"Não quero que os outros lucrem sem o Corinthians ganhar", diz Andrés Sanchez sobre atrito com site "Não quero que os outros lucrem sem o Corinthians ganhar", diz Andrés Sanchez sobre atrito com site Reviewed by Ribamar Xavier on 10.6.20 Rating: 5

Um comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.