Com transmissão do Combate, Amanda Nunes pode fazer história novamente no UFC

(Foto: Getty Images)
A brasileira Amanda Nunes, primeira mulher a conquistar dois cinturões ao mesmo tempo, pode fazer história novamente no UFC. Se superar a canadense Felicia Spencer na luta principal do UFC 250, neste sábado (6), em Las Vegas, a 'Leoa' será a primeira atleta, entre homens e mulheres, a vencer defesas de títulos em duas divisões diferentes. O evento, com 12 lutas no card, será realizado, sem a presença de público, no 'UFC Apex', com a participação de mais três brasileiros e transmissão ao vivo do Combate, a partir das 19h20.

Nesta sexta-feira (5), o comentarista Flávio Canto analisa as principais lutas do card  às 10h00, no 'Redação SporTV', e o correspondente Camilo Pinheiro Machado traz informações atualizadas sobre o evento às 14h00, no 'Seleção SporTV'. "Vai ser um ótimo evento, que pode entrar para a história, com quatro brasileiros, alto nível técnico e grandes combates", analisa o comentarista Luciano Andrade, que estará ao lado de Rhoodes Lima na transmissão do card principal. André Azevedo e Flávio Canto comandam a transmissão do card preliminar. O SporTV2 e o Combate.com também exibem as duas primeiras lutas do UFC 250.

Invicta há quase seis anos, Amanda Nunes volta a Las Vegas, de onde tem boas lembranças. Foi no estado de Nevada que a brasileira conquistou o cinturão da divisão dos galos (até 61,2kg), já defendido por ela cinco vezes. Agora, coloca pela primeira vez em jogo o título da categoria peso pena (até 65,8kg) contra Felícia Spencer. Ex-campeã do 'Invicta', organização exclusiva de MMA feminino, a canadense tem apenas uma derrota na carreira, ocorrida em julho do ano passado, para a brasileira Cris Cyborg.

O brasileiro Raphael Assunção faz a co-luta principal do UFC 250 e enfrenta o americano Cody Garbrandt pela divisão dos galos (até 61,2kg). O pernambucano vem de duas derrotas seguidas e vai em busca de reabilitação diante de um ex-campeão. Já Jussier Formiga, quarto no ranking da categoria peso-mosca (até 56,7kg), terá uma pedreira pela frente. O potiguar sobe ao octógono diante do americano Alex Perez, derrotado apenas uma vez nas últimas 11 lutas. Herbert Burns, revelado no programa 'Contender Series' do UFC e irmão do peso meio-médio Gilbert 'Durinho', faz a sua segunda luta no UFC contra o experiente americano Evan Dunham, em duelo com peso casado (até 68kg).

UFC 250

CARD PRELIMINAR:
Peso-casado (até 68kg): Herbert Burns x Evan Dunham
Peso-meio-pesado: Alonzo Menifield x Devin Clark
Peso-mosca: Jussier Formiga x Alex Perez
Peso-médio: Charles Byrd x Maki Pitolo
Peso-galo: Cody Stamann x Brian Kelleher
Peso-médio: Ian Heinisch x Gerald Meerschaert
Peso-pena: Alex Caceres x Chase Hooper

CARD PRINCIPAL:
Peso-galo: Eddie Wineland x Sean O'Malley
Peso-meio-médio: Neil Magny x Anthony Rocco Martin
Peso-galo: Aljamain Sterling x Cory Sandhagen
Peso-galo: Raphael Assunção x Cody Garbrandt
Peso-pena: Amanda Nunes x Felicia Spencer




Com transmissão do Combate, Amanda Nunes pode fazer história novamente no UFC Com transmissão do Combate, Amanda Nunes pode fazer história novamente no UFC Reviewed by Ribamar Xavier on 5.6.20 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.