Cade aprova com restrições compra da FOX pela Disney; FOX Sports vai seguir no ar

(Reprodução)
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, na sessão de julgamento desta quarta-feira (6), a aquisição da Twenty-First Century Fox pela The Walt Disney Company. A operação foi aprovada mediante a assinatura de um Acordo de Controle de Concentração (ACC).

Em seu voto, o conselheiro relator Luis Henrique Bertolino Braido destacou que nesta etapa de revisão do ato de concentração houve novamente tentativa da Disney em vender o FOX Sports. No entanto, apesar dos esforços, e levando em consideração o momento econômico atual devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), não foi possível dar prosseguimento à alienação do negócio.

Diante disso, foram negociadas com a Disney medidas comportamentais que mitigam os problemas concorrenciais anteriormente constatados e buscam assegurar a diversidade de programação esportiva aos consumidores brasileiros.

Compromissos assumidos

Por meio do acordo celebrado, a Disney se compromete a manter na grade de programação, por três anos ou até o término de seus respectivos contratos, todos os eventos esportivos ora distribuídos no Brasil. A empresa também deverá manter o canal principal do FOX Sports, com o mesmo padrão de qualidade hoje existente, incluindo a transmissão dos jogos da Copa Libertadores da América, até o dia 1º de janeiro de 2022. Após esta data, os eventos dessa competição deverão ser transmitidos em algum de seus canais afiliados, até o final do atual contrato com a Conmebol.

Além disso, o acordo prevê que a Disney deverá devolver antecipadamente a marca FOX Sports, caso opte por encerrar a transmissão deste canal, deixando-a livre para ser utilizada por qualquer outro grupo que se interesse, mediante arranjo comercial com seu proprietário.

“No caso concreto, penso caber ao Cade tutelar a diversidade de programação esportiva disponível ao consumidor. A meu ver, esta seria uma forma de se repassar aos consumidores parte dos ganhos e eficiência advindos deste ato de concentração”, afirmou o relator.




Cade aprova com restrições compra da FOX pela Disney; FOX Sports vai seguir no ar Cade aprova com restrições compra da FOX pela Disney; FOX Sports vai seguir no ar Reviewed by Ribamar Xavier on 6.5.20 Rating: 5

16 comentários:

  1. Não entendi o que isso significa. A ESPN poderá transmitir os eventos que hoje passam na FOX ou ainda teremos que aguentar esses caras até 2022?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que eu entendi, o canal Fox permanece igual está e com os eventos que já tem direito até 2022, depois disso, caso tenha algum contrato de evento ainda em vigência e a Disney resolva descontinuar o canal Fox Sports, poderá assumir a transmissão em outros canais do grupo, mas deverá liberar a marca Fox Sports no mercado para outro grupo poder usar.

      Excluir
    2. SIM
      PODEM COMPARTILHAR OS DIREITOS

      E VICE VERSA

      Excluir
  2. Será que a ESPN e Fox vão compartilhar os direitos de transmissao entre si ? Talvez possamos ver

    Libertadores, alemão , argentino, Uefa Europa Liga ,moto GP na ESPN

    Ingles,espanhol, NFL, NBA no Fox Sports

    ResponderExcluir
  3. Ganhou, mas não levou. ESPN continuará sem transmitir as competições da Fox, se eu interpretei certo a notícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que interpretei de outra maneira ... Que a ESPN pode passar as competições que a Fox tem em seus canais ... Até vi um vídeo do Canal Futeboteco falando sobre isso ... ESPN pode passar competições que a Fox tem ... Mas a Fox não pode passar competições que a ESPN tem ...

      Excluir
    2. Pelo que li pelo lance,a ESPN poderá transmitir a Libertadores a partir de agora junto com a Fox.

      Excluir
    3. Pelo que li em outros lugares que não aqui, ganhou e levou. A ESPN pode sim passar nos canais dela tudo o que passa hoje na Fox e vice-versa. Aliás, o vice-versa é a "condição", digamos assim. Manter o canal funcionando e atrativo até o final de 2022, justamente porque obriga a Disney a vendê-lo nessa data.

      Excluir
    4. Pelo que eu entendi, o canal Fox permanece igual está e com os eventos que já tem direito até 2022, depois disso, caso tenha algum contrato de evento ainda em vigência e a Disney resolva descontinuar o canal Fox Sports, poderá assumir a transmissão em outros canais do grupo, mas deverá liberar a marca Fox Sports no mercado para outro grupo poder usar. Ou seja, nesse caso até 2022, as competições que são do Fox Sports vão continuar lá, só depois de 2022 poderão descontinuar o canal Fox Sports (liberando a marca no mercado) e pegar para ESPN os eventos que ainda tenham contrato vigente.

      *Isso estou dizendo baseado no que está nessa matéria, não sei se tem mais coisa a respeito que não tenham citado aqui.

      Excluir
  4. Too bad for Patricia's 3rd act. It was the equivalent of her doing a heat check in basketball and throwing up an air ball.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está mensagem de cima está errada não escrevi isso.


      Ainda não está claro se a ESPN já pode mostrar a Libertadores agora ou se apenas poderá mostrar depois dos 3 anos que Disney tem que manter o FOX sports no ar

      Excluir
    2. Pelo texto acima, entendo que só em 2022. Até lá só pode ser transmitido no Fox Sports. Como disseram nos comentários acima, ganhou mas não levou.

      Excluir
  5. Final esperado e não tinha como ter outro.O lucro da Fox é uma sobrevida de um ano e meio,na esperança de que nesse um ano e meio apareça alguem para comprar.

    ResponderExcluir
  6. muitos sites com informações distorcidas, alguns dizem que Disney tem obrigação de manter a Fox Sports no ar até 1 de janeiro de 2022 e outros sites dizem que tem que manter pelo menos 3 anos no ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que esse período de 3 anos contam desde quando ocorreu o princípio da negociação geral da compra, que foi no início de 2019, contando assim o período de 3 anos em janeiro de 2022.

      https://www.esporteemidia.com/2020/05/tire-suas-duvidas-sobre-fusao-espnfox.html

      Excluir
  7. Li no uol esporte vê tv o jornalista gabriel vaquer ele falou o foxsports pode sim compartilhar eventos esportivos com a espn e qual eventos esportivos o foxsports vai pedir em troca para a espn e tomará o foxsports passar mais eventos esportivos ao vivo eo foxsports lançar mais canais foxsports no brasil e 2 canais foxsports é pouco.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.