"Se me oferecer um contrato bom eu topo de novo", diz José Silvério sobre continuar na narração esportiva

(Reprodução)
Apesar de ter contrato até 2022, o narrador José Silvério foi demitido da Rádio Bandeirantes de São Paulo, mas ele pensa em seguir na carreira se aparecer uma boa proposta. A afirmação foi dada ao UOL Esporte.

"Passa pela minha cabeça eu não irradiar mais. Mas, sinceramente, é aquela história que eu e a minha mulher estávamos brincando... Passa, mas de repente aparece alguém, me oferece um contrato bom e eu topo de novo. Então é isso, mas eu não estou aberto, não estou procurando. Até porque nem deu tempo", disse o narrador, que também contou que não guarda mágoas de seu antigo emprego e que ainda está "com uma enorme interrogação na cabeça", contou.

Silvério também contou como se deu o acordo para rescisão de contrato. "A gente estava aqui [em Lavras, interior de Minas Gerais] quando a Bandeirantes me ligou, aí fiz o acordo. Mandei tudo por e-mail, não fui a São Paulo porque, inclusive, lá na Bandeirantes tinha caso de doença [Covid-19]. Fiquei quieto aqui. Claro que tenho pensado [no que vai acontece], mas não sei o que eu vou fazer, não. Honestamente, estou ainda com uma enorme interrogação na cabeça", pontuou. "O cara do RH me ligou e falou que o meu contrato ia ser rescindido. [E perguntou] o que eu tinha pra dizer. Eu disse: 'Nada ué. Tenho contrato até dezembro de 2022, se a Bandeirantes me pagar, pode me rescindir o contrato, não tem problema nenhum'. Eu não tenho força nenhuma pra brigar com a Bandeirantes e nem quero. Foi uma empresa que sempre me tratou bem, nunca tive problemas e disseram que iam rescindir, não teve problema nenhum. Então foi assim, a conversa foi essa", completou.

O colunista de TV, Flávio Ricco, informa que a negociação que culminou na rescisão de contrato de José Silvério se deu ainda na antiga gestão das rádios, quando Mario Baccei estava à frente de tudo. E a forma como se deu a saída do narrador nunca foi unanimidade entre a alta cúpula da Band. Muitos entendem que isso acabou acontecendo até por falta de habilidade de alguns de seus diretores e que a questão poderia ser conduzida de uma outra forma.




"Se me oferecer um contrato bom eu topo de novo", diz José Silvério sobre continuar na narração esportiva "Se me oferecer um contrato bom eu topo de novo", diz José Silvério sobre continuar na narração esportiva Reviewed by Ribamar Xavier on 28.4.20 Rating: 5

5 comentários:

  1. Assim como a Jovem Pan,que demitiu muitos profissionais competentes e carismaticos ao longo dos anoss para ficar com vampetas da vida,a BAND repete a mesma formula para ficar com Netos,Denilson Bobo e Renata Chata Fan da vida,ao invés de manter grandes profissionais.
    Para quem teve oportunidade de ouvir essas emissoras alguns anos atrás,sabe o quanto essas duas emissoras eram referencias importantes no radio esportivo e dava gosto de ouvir sua programação esportiva. Infelizmente hoje elas preferem profissionais mais baratos e muito,mas muito mais fracos (sem nem comparação) e incompetentes do que os profissionais que estão demitindo.

    Não é o mundoi moderno que estão acabando com as emissoras de radio.São seus donos de mente limitada e sem visão alguma é que estão. Triste.

    ResponderExcluir
  2. Flávio Pobbre
    O Futuro Comentarista da Rádio Bandeirantes

    ResponderExcluir
  3. Assim como Galvão Bueno, passou da hora da aposentadoria, se não o fez por conta própria, o grupo Band deu um jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eles tivessem alguem melhor,até vai.

      Assim como jogador de futebol um dia tem que encerrar a carreira por que fisicamente a idade pesa,o narrador qto mais velho fica menos potencia na voz tem.E pela propria declaração dele,acho que até ele ja sabe disso.Acho que ele só estava esperando a demissão pra ganhar os direitos trabalhistas,no que esta absolutamnete certo.Vai pedir as contas e abrir mão de um bom dinheiro? Ninguem joga dinheiro fora hj em dia.

      Mas como ouvinte de radio, o problema é que quem ta la ou é ruim de doer ou não é la grande coisa e ele em fim de carreira e com voz capengando ainda é melhor dos que estão por lá.Quer substituir,faça por um profissional melhor,pelo menos,um que de vontade de ouvir.
      Mas é querer muito da BAND.

      Excluir
    2. Nisso concordo com vc, é muita gente pra la de ruim de doer mesmo. No sistema Band de rádio, acho q só o Rogério Assis que se salva, o resto é dose.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.