Entidades de atletas sugerem Brasileirão menor, mas reconhecem problemas com contratos de TV

(Reprodução)
Duas entidades representativas dos atletas, a Fenapaf (Federação Nacional de Atletas de Futebol Profissional) e o Sindicato dos Atletas de Futebol endereçam cobranças para CBF e Globo em torno do calendário do futebol brasileiro, paralisado por causa da pandemia do coronavírus. As informações foram publicadas pelo UOL Esporte.

A grande novidade por parte dos jogadores é a ideia de reduzir o número de datas do Brasileirão. "Nós já conversamos várias possibilidades. Vai depender como a epidemia vai andar. Se tudo voltar ao normal até maio, dá para encaixar tudo. Se não voltar, vai ter que mudar o modelo de competição", disse Alfredo Sampaio, representante do Saferj (Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio Janeiro) e da Fenapaf.

"Só que aí isso também passa por alguns problemas contratuais. A Globo tem contrato para transmitir 38 partidas. Se diminuir o número de partidas, a Globo pode não querer pagar. A gente falou sobre diversas formas [diferentes de tocar o Brasileirão]", disse.

Alfredo Sampaio mencionou uma sugestão feita por parte das entidades representativas dos jogadores. "Citamos dois grupos de dez jogando entre si, campeão de um contra o campeão de outro. E aí teríamos 22, 24 datas se fosse jogo ida e volta. O importante entender é que essa decisão depende muito da questão do vírus. Se o vírus acabar em maio, tudo bem, mas e se acabar em junho ou julho? Aí não tem como ter 38 datas."

A sugestão sobre a mudança de formato do Brasileirão 2020 se deve ao entendimento dos atletas de que não há a possibilidade de estender o calendário até meados da próxima temporada. A CBF também não tem intenção de interferir em seu calendário para 2021. Eles também descartam igualar o formato adotado na Europa, com os jogos se iniciando em agosto de um ano e terminado em junho do outro ano.

Por outro lado, há os interesses das TVs. Não só da Globo, mas também da Turner, que tem acordo com oito clubes da Série A neste ano para transmissões. Nenhum dos grupos se mostra entusiasmado ou favorável a uma mudança de formato e o retorno do mata-mata.




Entidades de atletas sugerem Brasileirão menor, mas reconhecem problemas com contratos de TV Entidades de atletas sugerem Brasileirão menor, mas reconhecem problemas com contratos de TV Reviewed by Ribamar Xavier on 30.3.20 Rating: 5

7 comentários:

  1. Pelo que esses caras ganham deveriam jogar 200 partidas, cambada de pé de rato.

    ResponderExcluir
  2. Alguém vai ter q ceder de alguma forma.

    ResponderExcluir
  3. Não é possível que os Estaduais vão se sobrepor ao Nacional.

    ResponderExcluir
  4. O problema é que como está indo provavelmente seguiremos em pandemia até junho e julho então realmente como disse o Diego alguém terá que ceder eu sempre fui a favor de acabar com os estaduais e migrar para o estilo de calendário europeu beneficiaria até na Libertadores é só ver o exemplo dos argentinos

    ResponderExcluir
  5. É difícil fazer uma previsão pq ninguém tem a mínima noção de quando as coisas vão voltar a normalidade. Dependendo de quando voltar, o certo era tentar o máximo possível fazer o Brasileiro normalmente em pontos corridos, e os times grandes finalizarem suas participações nos estaduais com time sub-20 ou aspirantes. Minha opinião, seria o mais viável. Agora basta saber quando as coisas vão voltar a normalidade ou mais próximo disso.

    ResponderExcluir
  6. Minha opinião seria adequar ao calendário adotado em quase todo mundo não só na Europa, começar o campeonato em agosto e terminar em maio do ano que vem. Mudaria tudo no futebol brasileiro, até a qualidade dos jogos, pois os times conseguiriam fazer uma pré temporada mais decente, com direito até a amistosos com os grandes times do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Brasil não vira, lá fazem isso por questões climáticas. Aqui a cultura local também daria prejuizo se fizesse isso. A questão de pré temporada ia continuar na mesma, com os estaduais atrapalhando da mesma forma, a diferença q ia atrapalhar em outro período do ano.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.