Gustavo Villani sobre narrar futebol com VAR: "É brochante"

(Reprodução/SporTV)

Em entrevista ao canal De Sola no YouTube, o narrador Gustavo Villani, do Grupo Globo, disse que a narração esportiva se torna "brochante" com a presença do VAR.


"É brochante narrar com o VAR. Não tem uma orientação da emissora porque ninguém sabe como lidar. O público no estádio não sabe como lidar, em casa a gente não sabe o que está acontecendo. Está muito louco, e está exagerando. Copa do Mundo Feminina, por exemplo, um erro atrás do outro, manda voltar porque a goleira adianta, invasão dupla, foi ruim", afirmou Villani.

E qual a melhor estratégia para narrar o gol em um jogo com VAR? Villani disse como tem se virado. "Eu estou tentando narrar até o final. Só que aí você fica igual um tonto narrando, enquanto está lá a pessoa com a bandeira levantada. Só que pra efeito de edição, vai que valida? Aí, eu narro cheio de vontade. Se valer, valeu. Se não valer, explica. E se confirmar o gol, eu não narro gol de novo, mas narro a confirmação. E outra, enquanto o cara está analisando, para não deixar a peteca cair, você fica vendendo emoção", completou.





Gustavo Villani sobre narrar futebol com VAR: "É brochante" Gustavo Villani sobre narrar futebol com VAR: "É brochante" Reviewed by Ribamar Xavier on terça-feira, outubro 15, 2019 Rating: 5

2 comentários:

  1. Pra um cara igual ele que ficou passivinho quando outro mandou ele enfiar o dvd no c* realmente deve ser brochante narrar um gol no VAR. kkk

    ResponderExcluir
  2. O torcedor quer saber é se seu time não foi prejudicado pela arbitragem, ainda que a demora do VAR o incomode no primeiro momento. Quanto aos narradores, têm que entender que os esportes, especialmente o futebol, não vai tem obrigação de se adaptar a eles, mais sim o inverso.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.