(Reprodução)

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) ampliou em dois meses, contando a partir do final de setembro passado, o prazo para negociações envolvendo o FOX Sports. A informação foi publicada por Eduardo Ohata, no Yahoo!. O novo prazo indica que há da parte de participantes da negociação expectativa de conclusão para breve. Afinal, se o cenário estivesse indefinido, um prazo mais longo teria sido requisitado.


O adiamento da definição do futuro do canal é visto como negativo no FOX Sports e ESPN, já que a situação limita algumas iniciativas, além de criar uma zona cinzenta sobre o que se pode e o que não é permitido em negociações de direitos de TV que envolvam, mesmo que “por tabela”, os dois canais.

Para a Disney receber do Cade permissão para a aquisição dos canais FOX no Brasil, o órgão exigiu do Grupo Disney, que já era dono da ESPN, a venda dos canais FOX Sports no Brasil.