Globo define valor da cota comercial do futebol 2020 com 85 partidas

(Reprodução)

Os atuais patrocinadores do Futebol da Globo – e suas respectivas agências de publicidade – receberam nessa terça-feira (3), o plano comercial referente às transmissões da temporada 2020 dos campeonatos de futebol. A informação é do Meio e Mensagem. O início das negociações aconteceu logo após a emissora ter recebido profissionais do mercado publicitário em sua sede, em São Paulo, para apresentar algumas informações da cobertura esportiva no próximo ano. No evento, entretanto, a Globo não detalhou valores das cotas de patrocínio.


Para a temporada 2020, a Globo pede no plano comercial a quantia de R$ 307 milhões por cota. O valor é ligeiramente inferior ao cobrado em 2019 (R$ 310 milhões). A diferença pode ser explicada por dois fatores: uma redução na quantidade de jogos que serão transmitidos (no próximo ano serão 85 partidas conta 95 de 2019) e o fato de 2020 ser um ano de cobertura olímpica, que ganhará outro plano comercial independente na emissora.

Por enquanto, os atuais patrocinadores do futebol têm prioridade na renovação. São eles: Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú, e Vivo. Para esses anunciantes, a emissora promete flexibilizar ainda mais as soluções comerciais e inserções ao longo da grade, que não se restringem à transmissão dos jogos, em si, mas também contemplam os telejornais e outros programas da casa.





Globo define valor da cota comercial do futebol 2020 com 85 partidas Globo define valor da cota comercial do futebol 2020 com 85 partidas Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, setembro 04, 2019 Rating: 5

3 comentários:

  1. É um absurdo isso. A RedeTV toda fatura quase 400 milhões com as igrejas e so assim sobrevive. Por isso no brasil nao dá pra competir duas cotas e ja paga toda a RedeTV .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que a Rede Tv não pode comprar uma dessas cotas comerciais? kkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Esta emissora é muito rabuda, graças a time-life,atual Warnermedia.Enquanto isso a universal paga dos fiéis 500 milhões a Record e o SBT é em parte sustentado pela próprias empresas do grupo Silvio Santos.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.