ESPN vai reduzir programas de debate e investir em novos direitos de transmissão

(Reprodução)

As demissões que ocorreram nesta quarta-feira (14) na ESPN iniciou a nova postura da emissora. De acordo com o UOL Esporte, a nova gestão, que ficará alinhada aos interesses do Grupo Disney, terá como prioridade reduzir a quantidade de programas de debates da grade e adquirir o direito de novos torneios e eventos para transmissões.


A curto prazo, a prioridade será trocar os programas de debate por noticiários. No futuro, a ESPN pretende equilibrar sua grade entre atrações noticiosas e jogos ao vivo. Com um aporte maior do Grupo Disney, que focará as atenções no canal no Brasil, o objetivo será adquirir outros torneios de peso.

Com FOX Sports e SporTV dominando a audiência, ficou claro para os novos responsáveis do grupo Disney que o modelo de programa de debate "o dia inteiro" já não se sustentava.

A emissora ainda não descarta novas mudanças. A direção do canal avalia os formatos já existentes na programação e o quadro de funcionários. Inicialmente, no entanto, novas trocas não devem afetar - ainda mais - a redação do canal.





ESPN vai reduzir programas de debate e investir em novos direitos de transmissão ESPN vai reduzir programas de debate e investir em novos direitos de transmissão Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, agosto 15, 2019 Rating: 5

12 comentários:

  1. Realmente são muitos horas de debates e fica muito repetitvo e é em todos os canais não só na ESPN. Mas, na ESPN por Exemplo são 3 horas de ESPN bom dia, 3 horas de BB debate, e 3 horas de futebol na veia e quando tem linha de passe são mais 2 horas. São 11 horas de debate e praticamente os mesmos assuntos todos dias. Se acontecer essa redução é uma boa, mas espero que não tenham mais demissões já bastam estas que já foram muitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, a grosso modo, muita teoria de conversa de bar e pouca ação com poucos ao vivo.

      Excluir
  2. A NFL e a NBA dão grandes audiencias pra ESPN, mas o que falta pra ESPN são jogos de futebol no horario nobre , o Sportv por exenplo tem jogo de futebol ao vivo no horario nobre todos dias e a Fox tem a liberatdores no horario nobre. É o principal motivo pra fox ficar na frente da ESPN a liberdadores no horario nobre.

    ResponderExcluir
  3. O grande problema da ESPN foi a falta de criatividade ou incapacidade de Palomino e cia na criação dr programas pós perda da UCL.

    Aumentaram o tempo do ao vivo, mas com o mesmo formatado o dia todo. Ninguém aguenta.

    E olha, ESPN é um grupo mundial, formatados é o que não faltam em seus canais latinos e na matriz.

    ResponderExcluir
  4. uns programa de debate merda, so falta fala das cuecas dos jogadores

    ResponderExcluir
  5. Culpa desse paulomino aí que quiz assim esqueceu de colocar partidas de futebol ao vivo no canal ainda bem que mandaram ele bora

    ResponderExcluir
  6. Demisoes a serem lamentadas apenas as do rafael e canalha. O resto estava fazendo tempo extra. Alguns sequer deveriam ter tido espaço ali algum dia de tão irrelevantes.

    ResponderExcluir
  7. Realmente é um exagero o excesso de debates e,mesmo por que troca-se os nomes mas os programas da espn brasil são todos iguais e com o mesmo formato.Mas eles poderiam ter demitido profissionais piores que ficaram por lé e aquele monte de ex jogador inutil.Não gostei de parte do que foi demitido.
    Não vou me surpreender se a Fox fizer o mesmo tambem ja que la tambem é um excesso de debates.Só que la tem variação nos componentes das mesas,por isso ainda sobrevive,vai do gosto de cada telespectador e de verem seus comentaristas preferidos.

    ResponderExcluir
  8. Decepcionado com a demissão de jornalistas competentes e, em contra-partida, cada vez, tendo mais boleiros na função de comentaristas. Tem alguns que são bons, tipo o Zé Elias, o Zinho, o Edmundo... mas tem outros... E é uma tendência em todos os canais esportivos...

    ResponderExcluir
  9. Milagre: um canal de esportes que quer exibir mais.....ESPORTES. Puxa, como nunca tinha pensado nisso antes?

    ResponderExcluir
  10. Programas de debates poderiam dar mais audiência na ESPN se eles parecem de falar demais sobre coisas assuntos que dos quais eles não tem os direitos. Poderiam tentar focar mais no futebol europeu e os esportes americanos e deixar para lá o que acontece no Brasil. Quem sabe fazer como era antes, até 2006, e transmitir a programação dos EUA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo que eles deveriam dar mais espaço pra o que eles mesmos transmitem. Ficar falando com excesso de futebol nacional os torna iguais aos demais canais. Um dos programas que mais gosto é o Futebol no mundo, exatamente pela diferença dos demais.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.