Procon-MG apura descumprimento de contrato e de oferta nos pacotes de pay-per-view do Brasileirão


Da redação do Esporteemidia.com

Em virtude da não transmissão de alguns jogos do Campeonato Brasileiro nos pacotes de pay-per-view das operadoras de TV por assinatura, o Procon-MG notificou as operadoras Claro, Sky, Vivo, Oi e Tim para que prestem informações, no prazo de 10 dias úteis, sobre as condições contratuais em caso de limitação de exibição dos jogos ao vivo.

O órgão pretende apurar, em investigações preliminares, quais informações foram repassadas aos consumidores nos contratos ou nas publicidades e ofertas na hipótese de não transmissão de jogos.

(Reprodução)
O objetivo é verificar se está havendo eventual descumprimento de contrato ou oferta, visto que Palmeiras e Athletico/PR não assinaram contrato com o Grupo Globo e, por isso, suas partidas não serão transmitidas nos pacotes de pay-per-view.

O órgão de defesa do consumidor ainda solicita às operadoras quais são as medidas que estão sendo tomadas para o consumidor lesado em eventual descumprimento, mesmo que parcial, da oferta do serviço contratado.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Procon-MG apura descumprimento de contrato e de oferta nos pacotes de pay-per-view do Brasileirão Procon-MG apura descumprimento de contrato e de oferta nos pacotes de pay-per-view do Brasileirão Reviewed by Ribamar Xavier on domingo, maio 12, 2019 Rating: 5

2 comentários:

  1. Correta a atitude do Procon, eles não podem cobrar por algo que não te oferecem.

    ResponderExcluir
  2. EIPlus com bloqueio de sinal no Paraná para cap x bahia, assim como TNT, TNTGO, e já nao temos o jogo no premiere, globoesporte.com... mas no caso do eiplus ja dava pro procon ir atras tambem

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.