Conmebol espera que venda do FOX Sports não desvalorize a Libertadores


A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) espera que a decisão do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) de exigir a venda dos canais FOX Sports para aprovação da compra da FOX pela Disney não desvalorize a Copa Libertadores da América. A informação é do UOL Esporte, por Marcel Rizzo.

(Reprodução)
Os direitos de transmissão do torneio até 2022 para TV fechada estão no pacote que será negociado e o destino da empresa causa apreensão na cúpula da confederação sul-americana já que os acordos de TV são amarrados comercialmente com outros produtos. Há expectativa, porém, de que o fato de a FOX Sports ter preferência na escolha das partidas para TV a cabo e exclusividade da final única na plataforma façam com que haja um comprador que decida investir e não esvaziar a competição.

O Cade estipulou um prazo para que a Disney venda o FOX Sports no Brasil, que não foi divulgado. Como, por enquanto, nada muda a Conmebol vai esperar. Oficialmente a confederação diz que acompanha os fatos e aguarda comunicados oficiais, mas preocupa o destino do televisionamento de sua principal competição em TV a cabo no Brasil.

O FOX Sports venceu licitação, junto com o SporTV, do Grupo Globo, pelos direitos na plataforma de 2019 a 2022, mas pegou um pacote melhor do que o concorrente. A empresa tem o direito de escolha dos jogos, às terças e quartas, à frente do SporTV.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Conmebol espera que venda do FOX Sports não desvalorize a Libertadores Conmebol espera que venda do FOX Sports não desvalorize a Libertadores Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, março 01, 2019 Rating: 5

12 comentários:

  1. Não consigo entender o porque da ESPN nao poder ficar pelo menos com os direitos da Libertadores.

    Globo monopoliza os direitos de transmissão de conteúdos nacionais (brasileirão, copa do Brasil, estaduais etc) a ANOS e Cade nunca fez nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a espn fica com os direitos da Libertadores ninguém ia querer comprar a Fox ne. Por isso

      Excluir
  2. A própria Comebola consegue desvalorizar seu torneio com atitudes ridículas a cada ano. Incrível que se preocupam com a transmissão no Brasil, local que mais dá retorno pra eles, mas ao mesmo tempo ferram os clubes brasileiros de tudo quanto é jeito. Santos, Palmeiras, Cruzeiro, até o Corinthians foi prejudicado. Sem contar aquela regra de uns anos atrás que 2 times de um mesmo país não poderiam fazer a final, pq só estava dando Brasil X Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Conmebol ferrar os brasileiros? O país tem mais vagas mesmo a Argentina tendo mais títulos. Eliminaram o Barcelona do Equador por inscrição fora do prazo mesmo a federação do Equador assumindo o erro e não eliminaram o A.Mineiro.
      Regra de 2 times nunca teve, só para os times do México existia isso. Para os outros poderiam chegar 3 times do mesmo país na semi. Mas nunca ouve.
      E nos últimos 5 anos, tirando o Grêmio campeão não teve nenhum brasileiro na final.teve ano que nem semifinal teve. Mania de superioridade 7 a 1 tinha que acontecer mais vezes

      Excluir
    2. Tu estava aonde durante a Libertadores 2018? E a eliminação ridicula do Santos que eles fizeram ano passado? E a garfada que deram no Palmeiras e no Cruzeiro pra dar uma final Boca e River? Isso sem contar nas punições ridículas para Palmeiras e Santos na questão da torcida em campo. Tu está totalmente fora do assunto. Regra de 2 times teve sim senhor, inclusive com confronto semi final mudado, cruzando 2 brasileiros por conta dessa regrinha ridícula. Se tá totalmente fora do assunto, não fala besteira cara.

      Excluir
    3. Conmebol dá multa ao Palmeiras e proíbe torcida como visitante por três partida
      Conmebol pune Santos novamente, agora por confusão entre torcida e Polícia Militar
      Santos é punido pela Conmebol por conta da escalação irregular de Carlos Sánchez
      Conmebol avisa que River não será punido por usar jogador irregular
      Conmebol admite erro no caso Ábila, o suspende, mas não punirá o Boca


      Essa é a Comebola.

      Excluir
  3. "O Cade estipulou um prazo para que a Disney venda o FOX Sports no Brasil, que não foi divulgado." Já sabemos que o prazo estipulado pelo CADE é até o final de 2020 e, se a Disney não conseguir vender a Fox (o que é bem possível), leva uma multa e pode ter a fusão revista. Quer dizer, a Disney ainda pode ser multada simplesmente por não conseguir vender a Fox. Que piada kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Disney vai vender a Fox Sports nem que seja de graça. Hoje o mercado tá muito competitivo, a Disney vai provavelmente vender para alguêm que não vai conseguir competir com ela (talvez até fechar de vez) só para não criar mais um concorrente.

      Excluir
  4. É claro que não vai. Os idiotas da ESPN ainda vão tentar comprar essa porcaria.

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. A Disney vai decidir quem compra. Acho que a DAZN é uma empresa com muito dinheiro para competir com ela mesma, então não.

      Excluir
    2. Neste meio não existem idiotas,existem muitas raposas(Fox*)e nós somos os galos.Agora falando sério,o Espanhol está incluído?Até a última temporada era exibido na FOX.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.