Imbróglio entre CBF e BR Foot impede clubes de buscarem alternativas para os direitos internacionais do Brasileirão


Os clubes que disputam o Campeonato Brasileiro se articulam para buscar um novo comprador para os direitos internacionais e placas estáticas do certame, após a BR Foot suspender e não pagar o acordo assinado por essas propriedades. Todavia, de acordo com o UOL Esporte, por Rodrigo Mattos, a disputa jurídica entre a CBF e a empresa não tem um prazo para ser concluída e isso emperra novas negociações.

AINDA SOBRE O ASSUNTO
Empresa suspende contrato de transmissão do Campeonato Brasileiro no exterior

A BR Foot, ainda segundo o UOL, foi para o mercado tentar levantar o dinheiro para o pagamento do contrato. Não conseguiu e esse é um dos motivos do pedido de suspensão do acordo.

(Reprodução)
Coirnthians, Athético/PR nalisam a proposta do fundo Prudent. Esses dois clubes juntamente com o Flamengo já tinham levantado que existia essa oferta alternativa, mas, na época, a CBF não quis analisá-la alegando que o acordo estava fechado com a BR Foot. Há uma minuta de contrato em negociação com o fundo Prudent nas mãos dos clubes.

Mas a questão é que o imbróglio entre CBF e BR Foot ainda não tem prazo para ser concluído. É provável que se desenrole judicialmente. Neste cenário, os direitos de 18 clubes, com exceção do Atlético-PR e do Flamengo, estão presos à empresa.

Há dirigentes de clubes que defendem que o contrato frágil permitiria um rompimento mais rápido, mas não é como o cenário é visto na CBF. A entidade entende que há uma multa a ser paga pelo descumprimento do acordo. E não sabe se volta a botar na mesa todos os interessados anteriores nas propriedades que participaram de licitação.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Imbróglio entre CBF e BR Foot impede clubes de buscarem alternativas para os direitos internacionais do Brasileirão Imbróglio entre CBF e BR Foot impede clubes de buscarem alternativas para os direitos internacionais do Brasileirão Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, dezembro 14, 2018 Rating: 5

2 comentários:

  1. A verdade é esta : Tem um egípcio chamado Nagwibi que está louco para entrar no Brasil. Já tentou comprar a Oi, mas foi rechaçado. Marco Polo quis se dar bem ( de novo ) e convenceu o sujeito a investir no futebol. Ele compraria os direitos, anônimo, com essa empresa de fachada, e revenderia bem mais caro pro exterior. Del Nero ficaria com a comissão de 10%, uns 50 milhões. Chupeta. Só que a Globo, espertalhona, só liberou os direitos para TV aberta lá fora. Os a cabo continuam com ela através de suas subsidiárias. Mas qual é a TV aberta na Europa, USA ou China que vai se interessar pelo Brasileiro ? Nenhuma. Imagina só se a RAI, NOS, CBS, ABC, BBC ou CCTV vão querer ...
    Aí não dá para o egípcio rentabilizar, pois pagou caro. Meio bilhão. Ele pulou fora. E Marco Polo Del Nero deixou mais uma trolha na mão dos clubes. Parabéns. É por isso que a Bola-Brasilis continua combalida.

    ResponderExcluir
  2. Bandidos especialistas querendo se dar bem no meio de bandidos pós-doutorados? kkkk. Tomaram no koo.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.