FUSÃO ESPN/FOX: Cade vê risco de mercado esportivo ter redução de três para dois canais concorrentes


A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) concluiu que a fusão dos canais ESPN Brasil e FOX Sports, decorrente da compra da FOX pela Disney, causa preocupações concorrenciais e enviou o caso ao Tribunal do órgão com a sugestão de remédios nesse mercado para eventual aprovação da operação. Há uma preocupação de que o mercado tenha a redução de três para dois players relevantes. As informações são do Jota, por Guilherme Pimenta.

Com a união entre os dois canais, só restaria o SporTV como concorrente. O Bandsports, o quarto player, não poderia ser considerado relevante devido à sua baixa participação no mercado.

(Reprodução)
Os técnicos ainda apontaram que a recente saída dos canais Esporte Interativo demonstra o quão concentrado é o mercado de canais esportivos. “Este cenário pode, na prática, significar o retorno a uma estrutura de virtual duopólio no mercado de canais esportivos básicos para TV por assinatura, de modo similar ao observado no passado. E, como já colocado, reduz as opções de conteúdo esportivo para as operadoras de TV por assinatura e, consequentemente, para o consumidor”, concluiu a superintendência no parecer.

Além disso, o documento aponta que os direitos de transmissão detidos por FOX e ESPN passariam a apenas um único player, o que elevaria a rivalidade com os canais SporTV.

A área técnica do Cade aponta que a aprovação da operação sem remédios “acarretará um aumento significativo na concentração do mercado com grande probabilidade de exercício do mesmo, além de potencial redução da qualidade e diversidade do conteúdo esportivo disponível”. No mais, a Superintendência-Geral não viu preocupações em outros mercados afetados pela operação.

Caberá, agora, ao Tribunal da autarquia, composto por sete conselheiros, dar a palavra final sobre a operação, que pode ser aprovada sem remédios, com remédios (como quer a SG) ou reprovada por completo.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



FUSÃO ESPN/FOX: Cade vê risco de mercado esportivo ter redução de três para dois canais concorrentes FUSÃO ESPN/FOX: Cade vê risco de mercado esportivo ter redução de três para dois canais concorrentes Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, dezembro 06, 2018 Rating: 5

29 comentários:

  1. Por mais que o CADE insista, acho que é isso que vai acontecer, vai sobrar só Sportv X Espn.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com era antigamente por sinal.
      Era até pior, porque eram de operadoras de tv distintas também.
      NET/SKY e TVA/Directv

      Excluir
  2. Que besteira. Eles deviam é diminuir o domínio da Globo, isso é um problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo todos sabem que a m€€da da globo compra pacotes e não exibe eu nem vejo a globo em si

      Excluir
  3. Boa coisa,já que a Fox jogou a La Liga para o Fox Premium,assim a ESPN poderá transmitir os jogos do campeonato sozinha

    ResponderExcluir
  4. O Sportv já tem o monopólio do brasileirão vcs são culiados com a sportv por isso estão com medo e com certeza de perder grana pra não aprovada cambada de sínicos esse cade

    ResponderExcluir
  5. Esse caras do CADE estão é do lado da Globo tá cara que eles nao querem a fusão pois com essa fusão o maior prejudicado e a globo, ate quando esse pessoal do CADE sera a favor da Globo e contra o povo Brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até o dia que o dinheiro não exercer influência. Cadê, fiscais seja la do que for, conselheiros, desembargadores, juízes, etc etc todos são comparáveis, inclusive eu e todos que estão come tanso aqui.

      Excluir
  6. Espero que a ESPN pelo menos aumente o número de canais, já que fixara com um grande número de campeonatos a sua disposição, assim os clientes poderiam ver mais jogos

    ResponderExcluir
  7. Tá certo o cade tem que zelar pelas as empreza do Brasil e não da ouvidos aos ante globo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palhacada essa tua interpretação, tu e zerado de QI?

      Excluir
    2. Empreza? ou empresa, vamos melhorar nosso português para depois poder comentar.

      Excluir
  8. No fim o CADE deixará a fusão ocorrer apenas se a ESPN concordar em vender os direitos da Fox para o Grupo Globo. Nos U.S a união só permitida porque concordaram em vender as emissoras locais do Fox Sports. Vai ser o argumento perfeito para o CADE felizão.

    ResponderExcluir
  9. Assim os idiotas dão seus votos para os corruptos eles querem dá

    ResponderExcluir
  10. Se eu sou a Disney, fecho a Fox sem o menor problema. Afinal, o Grupo Disney não é obrigado a ficar com os dois canais (e uní-los) ou vender um deles (e fazer a vontade do CADE).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, mas mesmo assim, o CADE/Globo não vai deixar, pois a ESPNH ficaria muito forte com vários eventos para bater de frente com o sportv.

      Excluir
  11. Esse CADE tá de brincadeira. Não é melhor o Duopolio do que o Monopolio da GLOBO

    ResponderExcluir
  12. A disney deveria era comprar os direitos do brasileirão e passar nos canais espn para podermos ter mais opçoes

    ResponderExcluir
  13. "Cade ver"? Qual aluno de terceiro série escreveu isso?

    ResponderExcluir
  14. Tá na hora de acabar com monopólio da Globo. ..

    ResponderExcluir
  15. Sportv tem que pegar tudo tem a melhor transmissão mesmo

    ResponderExcluir
  16. Não dá mais pra aturar a Globo com.seu pacote de campeonatos monopolizados e não transmitidos! Qdo alguém quer chegar pra começar a equilibrar a balança. Fazem isso!

    ResponderExcluir
  17. Eu acho que quem escreve matérias jornalísticas deve saber escrever. Para se ler em "Cadê ver".

    ResponderExcluir
  18. Eu ja desisti ,no final a globo sempre vai derrubar tudo( o Ei pobre coitado) , num do 8 anos pra sobrar so o SporTV

    ResponderExcluir
  19. Cadê a ei Max cadê a Fox? Fasem isso mesmo sua cambada querem deixar so a Globosat? Que pena pois o país não aguenta mais esse monopólio.

    ResponderExcluir
  20. Sempre esquece do primo que fica de lado como um canal esportivo o BandSports

    ResponderExcluir
  21. Tudo isso está me cheirando a formação de cartel! Espero que não, que a Tuner bote pra lascar pra cima da Globo e o Grupo Disney pare de frescura e feche logo a Fox pra ESPN voltar a ser forte aqui no Brasil e entrar na briga com a Rede Esgoto.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.