Band terá foco na volta do futebol à sua grade de programação em 2019, diz colunista


A Band realizou recentemente, em Campinas, o encontro anual das emissoras próprias, evento liderado pelo seu presidente, Johnny Saad. Na oportunidade, foi feita uma exposição das perspectivas para 2019. De acordo com o UOL, por Flávio Ricco, há o desejo de voltar a investir em todos os setores da programação, jornalismo e entretenimento entre eles.

(Reprodução)
Mas, ainda segundo o colunista, uma atenção muito especial será destinada ao esporte, principalmente ao futebol e aos campeonatos que hoje não se incluem entre as atrações da TV aberta.

Há o desejo de recuperar um pouco do terreno perdido nesses últimos anos, mas trabalhando sempre em cima de alternativas possíveis.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Band terá foco na volta do futebol à sua grade de programação em 2019, diz colunista Band terá foco na volta do futebol à sua grade de programação em 2019, diz colunista Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, dezembro 28, 2018 Rating: 5

13 comentários:

  1. Para 2019 também quero a Ferrari. Mas sei que não vou ter. Falta a grana. Na band a coisa também é assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo os direitos de transmissão das competições hoje Estão muito altos por isso o streaming é o futuro do esporte!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Duas vezes por semana o Flavio Pobbre solta essa choradeira do sonho dele e o Ribamar vai la e copia o choro pra jogar aqui. A Band ta sem grana até pra comprar torneio de truco no bar da esquina, desencana dessa Flavio Pobbre.

      Excluir
  3. Eles deveriam pegar os direitos do VTs dos jogos do paulista e carioca, depois das partidas terminadas, uns compactos. O valor seria menor.

    ResponderExcluir
  4. O que papai Jorge João Saad construiu com muito afinco e dedicação, o menino Johnny destruiu inapelavelmente. Nos 70's e 80's chegou a liderar audiência, seja no esporte, ou no entretenimento, com Flávio Cavalcanti, por exemplo. Aí o patriarca morreu e o rebento passou a destruir tudo. O golpe de misericórdia foi em 2002, quando vendeu o horário nobre para a seita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem isso. O grande erro foi em 1998 quando passaram o esporte para a Traffic. Em 2002 a saída dos principais profissionais para a Record e a desativação do esporte em 2003 foi a pá de cal.

      Na minha visão hoje se a Bandeirantes quiser retornar aos seus tempos e tentar preservar aquilo que e a sua marca (o bom jornalismo e os esportes) deveriam unificar os canais de esportes e de notícias com o canal aberto. A única coisa que eu manteria de religioso e o RR Soares que ao menos tem audiência, mas do resto, não manteria os religiosos ou mesmo a missa que já cortam no final pra passar a Ultrafarma.

      Deveriam ficar: Master Chef, volta do Dia a Dia, fim das novelas turcas e redução do Brasil Urgente.

      Excluir
  5. Felipe Giaffone também anunciou sua saída da Bandeirantes. A emissora oficialmente não tem um comentarista para a Indy em 2019. A não ser que efetivem o Thiago Mendonça ou tragam de volta o Willy Herman

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora fudeu de vez. Ele na maioria das corridas tinha que falar mais que o narrador, colocaram um cara pra narrar mais perdido que cego em tiroteio.

      Além de uma corrida sim uma não na Band, agora ainda perderam o único cara que manjava na transmissão.

      Excluir
  6. Que tal entrar em acordo com ESPN, ver direitos de transmissão e passar NBA e NFL, por exemplo?
    Que tal ir atrás de esportes alternativos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não da retorno, vai dar traço na audiência e preju com certeza.

      Excluir
    2. Se bem q o basquete pode dar certo, já que o NBB ta indo bem por lá.

      Excluir
    3. O problema da Band é que não tem bons profissionais até seria interessante mas teria que ser com exclusividade porque se não não teria audiência porque quem assistiria seria somente as pessoas que não tem condições de ter a ESPN

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.