'É difícil a conta fechar', diz gerente da Turner sobre fim dos canais Esporte Interativo


A Turner admitiu o motivo do encerramento dos canais Esporte Interativo, anunciado em agosto: o alto custo e o caixa negativo. "É difícil a conta fechar num canal de esportes porque os direitos de transmissão que levam o canal para cima são muito caros. Posso ter o campeonato de judô, que vai me dar 0,1 ponto de audiência, e nem quem patrocina a modalidade vai justificar o patrocínio. Você entra num modelo de negócio complicado", explica Antonio Barreto, gerente geral do grupo no Brasil. A afirmação foi feita ao Notícias da TV, por Gabriel Perline.

Apesar de possuir grandes eventos de futebol, como a Liga dos Campeões, a programação do EI abrangia outras modalidades que demandavam um alto custo operacional e acabavam deixando o caixa no vermelho. "Se eu faço uma reprise de um jogo de futebol, tenho dez vezes mais audiência que uma final do judô. Mas faz sentido o canal ficar reprisando partida se você tem plataformas digitais que oferecem isso para quem quer assistir? A receita de televisão, especialmente para a TV por assinatura, ficou mais difícil porque existe uma grande concorrência por grandes direitos. E as audiências da TV paga são muito dispersas", justificou.

(Reprodução)
Segundo ele, o esforço de montar um canal com várias modalidades acabava, às vezes, tirando a atenção dos principais produtos da grade. "Você está tentando criar audiência para eventos que têm audiência fiel, mas muito pequena. Basquete, judô, handebol, a gente já fez tudo. É uma estrutura cara, complexa, que exige uma remuneração, e não conseguimos traduzir o desejo dessa audiência em grana para tocar o canal", afirma.

"Estávamos fazendo um esforço muito grande para criar canais de televisão de esportes, com grade 24 horas, e perdendo o foco do que era importante, que é o conteúdo", completou.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



'É difícil a conta fechar', diz gerente da Turner sobre fim dos canais Esporte Interativo 'É difícil a conta fechar', diz gerente da Turner sobre fim dos canais Esporte Interativo Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, novembro 29, 2018 Rating: 5

20 comentários:

  1. Conversa de perdedor. A espn e Sportv estão aí a anos, com audiência qualificada, e não falam em acabar com canais. Essa diretoria da Turner é incompetente, apenas isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eles não acabaram com canal porque queriam. Existe lei que inviabiliza um canal de TV de ser pertencido por uma operadora de TV por assinatura. Foi a mesma coisa que fez a SKY a terminar com o Sports+ e olha que eles até tentaram fingir que não eram os donos do canal.

      Excluir
    2. Se fosse como vc está falando teriam que acabar também com os outros canais. Como space tnt cartoon CNN. Não foi por nenhuma lei não senhor. Foi porque faliram mesmo.

      Excluir
    3. Marcelo Lucena, os outros canais não entram no mesmo bolo do EI porque suas concessões são dos EUA, e não no Brasil, o que os tornam canais estrangeiros.

      Excluir
    4. E eu já expliquei num dia desses q era possível de forma legal manter o canal e a programadora sem dar problemas, tanto q confessaram o real motivo

      Excluir
  2. A Turner investiu sem planejamento, e aparentemente encerrou os canais de forma amadora, era notável que o projeto com 3 canais não era mais sustentável, a ambição que tiveram para criar o canal em 2007, não foi a mesma após a Turner adquirir os canais, sucumbiu pela gastança desenfreada, uma pena não ter dado certo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É diferente meu caro quando o EI nasceu foi em TV aberta e foi uma inovação na TV Brasileira nunca mais teremos em TV aberta um canal de esporte como era o EI com o conteúdo que ele mostrava a coisa mudou quando os mesmos adquiriram os direitos de transmissão da Champions em TV Fechada ai foi a decadência do canal na minha opinião eles tinham mais audiência em TV aberta do que na fechada

      Excluir
    2. A decadência começou quando puniram eles nos direitos que eles tinham no Calcio e da Premier League de repasses não autorizados a outros canais, isso lá em meados de 2009 eu acho, foi dali que o EI como canal aberto não estavam se sustentando mais, tiveram que recorrer a outros planos, o EI incomodou em muito a ESPN naquela época, pois exibia muitos jogos do Calcio, da Premier League e de outros menores, após a rasteira que levou o EI teve que se reinventar como o que tinha até ser vendida a Turner, infelizmente não deu certo e fechou os canais.

      Excluir
  3. Se fosse assim,o canal bandsports já tinha saído a muito tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o Bandsports investe em quê? Investe em nada de relevante (leia-se futebol).

      Excluir
  4. Ava serio? Falei isso quando foi anunciano alguns repórteres de la ate discutiram comigo nas redes sociais, falando que era só opção bla bla bla
    Sairam querendo comprar tudo exclusivo e nao tiveram grana pra pagar isso sim

    ResponderExcluir
  5. Dou 5 anos para os canais esportivos acabarem de vez.Os custos subiram muito, a tv fechada perde cada vez mais assinantes e transmissões em streaming ganhando força.Terão que se reiventar como o EI fez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que rola por ai, Fox Sports acaba em 2 anos sob o comando da ESPN, ai sobraria 3 que na verdade são 2, digo isso pq o Bandsports é tão fraco que raramente lembramos que existe.

      Excluir
  6. Eu ainda acredito que os canais de esportes de assinatura ainda vão durar alguns anos. Nem todo mundo pode ter streaming. torço para que os canais esportivos durem muitos anos principalmente a ESPN

    ResponderExcluir
  7. Fazer o quê vou assistir meu Palmeiras na TNT com a narração do André Reiningn que é um milhão de vezes melhor que assistir com aqueles puxa saco do Corinthians da Globo

    ResponderExcluir
  8. Lembro uns 15 anos atrás, fui mudando os canais até que achei,esse canal.Andre,VSR,Baran e outros,falavam,pensei que fosse tv de torcedores, como a flu ou galo.Amadores ,simples torcedores falando.Depois de anos,encontro eles na Tv a cabo,sendo os mesmos amadores.Vi o Baran fazendo aquele sinal ,que o cara se f**deu.Deu no que deu, deram a Champions League a gente despreparada.

    ResponderExcluir
  9. E o brasileirão não iria ajudar vcs fecharem essa conta? Kkkk

    ResponderExcluir
  10. Eh como aquele ditado famoso diz: quem quer dá um jeito e quem não quer dá desculpa.
    "A receita de televisão, especialmente para a TV por assinatura, ficou mais difícil porque existe uma grande concorrência por grandes direitos."
    ヽ(´ー`)┌
    Qual foi a motivação p se conseguir o brasileiro, se não foi falta de concorrência??

    ResponderExcluir
  11. Por mim a UCL pode passar no TCM, sempre vou preferir do que na ESPN, houve uma soberba deles quando perderam os direitos e ficaram desdenhando do EI como se eles não fossem conseguir transmitir, conseguiram e muito melhor. Mas eu tbm vejo esses canais esportivos sob grande ameaça, nenhum deles vai sobreviver desses programas ridículos de debate, mesa redonda e blá blá blá, além dos informativos que so falam de Corinthians e Flamengo.. negócio é jogo. Com a popularização das smart tvs, serviço de streaming em breve vai ser como mais um canal na nossa tv, totalmente interativo, sob demanda e de alta qualidade.. é o futuro.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.