Programa da Globo erra ao explicar tecnologia da linha de gol na Copa do Mundo

(Reprodução/Globo)
A edição desta sexta-feira (15) do 'Central da Copa', da Globo, falou sobre as tecnologias usadas pela Fifa para definir lances capitais dos jogos, com o VAR e o Goal-Line Technology, que define se uma bola entrou ou não no gol.

No entanto, de acordo com o UOL Esporte, a atração cometeu um erro. Ao tentar explicar a segunda tecnologia, o programa comandado por Tiago Leifert disse que um chip acoplado à bola enviava mensagens para uma central e definia se a bola está dentro ou não.

Para mostrar tal chip, Caio Ribeiro e Bárbara Lavres, que compõem o programa junto com Leifert e Bárbara Coelho, rasgaram uma bola oficial do torneio e mostraram o equipamento, que de fato está na bola.

O chip acoplado na bola, de fato, existe. Mas ele é um chip simples, da tecnologia NFC, que interage com o celular do dono dela e apenas serve para desbloquear conteúdos exclusivos no site da Adidas, sua fabricante.

A tecnologia usada no Mundial – e em todas as competições Fifa – na verdade é a GoalControl4D, que consiste em 14 câmeras (7 câmeras para cada baliza), que ficam conectadas em um computador central que analisa as imagens e envia um sinal para o relógio do árbitro da partida.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Programa da Globo erra ao explicar tecnologia da linha de gol na Copa do Mundo Programa da Globo erra ao explicar tecnologia da linha de gol na Copa do Mundo Reviewed by Ribamar Xavier on junho 16, 2018 Rating: 5

Um comentário:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.