IMPASSE: Grupo Globo pode não mostrar 100% do Brasileirão-2019 em pay-per-view

(Reprodução)
Modelo que existe desde 1997 e garante ao comprador a totalidade dos jogos do Campeonato Brasileiro da Série A, o pay-per-view da Globo vive ameaça de não entregar o mesmo serviço a partir do ano que vem. A informação é da Folha de S. Paulo, por Alex Sabino.

Sem acordo com Palmeiras, Bahia e Atlético/PR para os direitos de transmissão do Nacional de 2019 a 2024, a Globo não conseguirá garantir 100% dos jogos para os clientes que comprarem o pay-per-view já no torneio de 2019.

Além do trio, a emissora ainda não fechou acordo com equipes que estão na Série B e podem subir para a elite em 2019, como Coritiba, Criciúma, Fortaleza, Guarani, Paysandu e Sampaio Corrêa, parceiros do Esporte Interativo na TV, além de Boa Esporte, CSA, Juventude, São Bento e Oeste, que ainda não acertaram com ninguém em nenhuma plataforma.

Dirigentes dos clubes ouvidos acreditam que podem se unir e quebrar o sistema de transmissão, causando um colapso no pay-per-view da Globo.

“Bahia, Atlético-PR e Coritiba não negociaram e não veem perspectivas de negociar TV aberta e pay-per-view para 2019. Portanto, considerando que os três clubes estejam na Série A em 2019, haverá uma redução próxima de 30% dos jogos exibidos no pay-per-view”, diz Guilherme Bellintani, presidente do Bahia.

A Lei Pelé estabelece que os direitos de transmissão dos jogos pertencem aos dois times envolvidos. Assim, caso a Série A de 2019 tenha três times sem contrato com a Globo, a emissora não poderia transmitir 108 dos 380 jogos (28% do total). Se forem quatro clubes, seriam 140 partidas (37%).

Essa redução é a principal arma dos times que ainda não fecharam com a Globo para barganhar fatias maiores dos contratos do pay-per-view. Alguns desses clubes acreditam que a Globo subfatura o que paga a eles em direitos de transmissão.

Responsável pelas negociações com os clubes, Fernando Manuel Pinto, da Globo, acredita que o que é oferecido pela Globo aos times é justo. "Esse modelo que temos hoje não prejudica a exibição e remuneração dos clubes em TV aberta e fechada e ainda cria um modelo complementar que gera oferta de futebol plena e geração de receita adicional aos clubes", diz o executivo.

Para maiores detalhes, acesse a matéria original da Folha neste link,

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



IMPASSE: Grupo Globo pode não mostrar 100% do Brasileirão-2019 em pay-per-view IMPASSE: Grupo Globo pode não mostrar 100% do Brasileirão-2019 em pay-per-view Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, maio 16, 2018 Rating: 5

10 comentários:

  1. E o circo, cada dia mais, pega fogo. Que esses clubes consigam aguentar o chumbo que virá pela frente por parte do Grupo Globo.

    ResponderExcluir
  2. TODOS os jogos da série A e B deveriam passar no sportv e algum outro canal esportivo, esse negócio de pagar um pacote extra de canais pra ver todos os jogos da rodada é uma bizarrice.

    ResponderExcluir
  3. Como disse um dia desses um papa da comunicação, a Globo vai morrer gorda! Esse grupo de mídia, envolvido em todas as tramóias deste país desde a implantação da ditadura em 64, não vai conseguir aguentar em seu formato atual por muito tempo. Netflix, Amazon, Facebook, etc., vão nos fazer o favor de aguentar com essa praga que é a pior inimiga do povo brasileiro! Que o diga nós, os amantes do futebol, que ficamos nas mãos dessa tal de Globosta que só transmite o que quer e quanto quer. E se for pago, melhor ainda - prá ela! Que tenha um ótimo período terminal e descanse em paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. .... Netflix, Amazon, Facebook, etc., vão nos fazer o favor de ACABAR com essa praga.....

      Excluir
  4. alem disso e muito caro adquirir o premiere

    ResponderExcluir
  5. "“Bahia, Atlético-PR e Coritiba não negociaram e não veem perspectivas de negociar TV aberta e pay-per-view para 2019. Portanto, considerando que os três clubes estejam na Série A em 2019, haverá uma redução próxima de 30% dos jogos exibidos no pay-per-view”, diz Guilherme Bellintani, presidente do Bahia."


    Pode acrescentar o Palmeiras nesse grupo tb.

    ResponderExcluir
  6. Só não entendi uma coisa....se os direitos de transmissão pertencem aos dois times envolvidos na partida, os jogos do Palmeiras não vão passar em lugar nenhum? Só os contra Bahia e Atletico PR no EI?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No EI vai passar os jogos dele contra times que assinaram com o EI, como Atlético-PR, Bahia, Coritiba, Santos, Inter ... Isso é relacionado a tv paga sem o PPV.

      A questão do PPV se ficar desse jeito, não muda nada pro EI na tv paga, mas afeta o Premiere que não poderá exibir nenhum dos jogos envolvendo esses times.

      Excluir
    2. Por exemplo, Santos e Inter fecharam com o EI pela tv paga e com a Globo no PPV.
      Logo, os 2(EI e Premiere) vão poder transmitir esse jogo.

      Já um eventual Palmeiras X Santos ou Atlético X Coritiba, não poderá ter o Premiere, só o Esporte Interativo.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.