Oferta do Esporte Interativo para quem não fechar TV aberta termina dia 30

(Reprodução)
Vence no próximo dia 30, a oferta do Esporte Interativo para uma compensação financeira aos clubes que fecharam com a empresa contrato do Campeonato Brasileiro na TV por assinatura a partir da edição de 2019 e que não conseguiram assinar um contrato com a Globo, ou qualquer outra emissora de TV aberta. A informação foi publicada pelo UOL Esporte, por Eduardo Ohata.

A cláusula representa uma espécie de 'seguro' para as agremiações que assinaram com a
emissora do Grupo Turner, em relação ao risco de ficar sem o valor referente ao contrato de TV
aberta, já que havia o temor da parte dos clubes de represálias na forma de um boicote da parte
da Globo. A compensação financeira oferecida pelo Esporte Interativo cobre só duas temporadas:
2019 e 2020.

O fato de o dia 30, último dia do mês, cair entre um final de semana e o feriado de 1º de maio (Dia do Trabalho) coloca mais pressão sobre os clubes por uma tomada de decisão devido ao prazo apertado e por ainda existirem questões sobre o assunto que os clubes querem esclarecer antes de assinar, como o próprio cálculo do valor indenizatório. Um facilitador para eventuais adesões à proposta é que elas podem ser realizadas remotamente, por meio de notificação via e-mail ao Esporte Interativo.

O Santos foi o principal dos grandes do eixo Rio-São Paulo a fechar com Esporte Interativo na TV por assinatura e, posteriormente, na aberta e pay-per-view com o Grupo Globo. Existe expectativa sobre qual decisão Palmeiras, Atlético/PR e Bahia irão tomar. O clube alviverde já aventou a possibilidade de produzir e transmitir as suas partidas de forma independente por meio da internet, e o Atlético/PR foi o único a disputar o Campeonato Paranaense deste ano que não assinou contrato com o Grupo Globo.

Fecharam com o Esporte Interativo pelo período entre 2019 a 2024: Atlético/PR, Bahia, Ceará, Coritiba, Criciúma, Figueirense, Fortaleza, Joinville, Palmeiras, Paraná, Paysandu, Ponte Preta, Santos, Sampaio Correa e Santa Cruz (que posteriormente alegou ter assinado apenas um pré-contrato, alinhou-se à Globo e que por isso está presente na lista da emissora do Rio também).

O internacional assinou com o Esporte Interativo apenas pelo biênio 2019-20 porque o período até 2024 dependia de uma ratificação pelo conselho deliberativo, que não ocorreu. Ele fechou, em 2016, um acordo com a Globo cobrindo todas as mídias entre 2021 e 2024.

O canal Esporte Interativo informou que "em respeito aos clubes e às cláusulas de confidencialidade, o Esporte Interativo não comenta contratos".

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Oferta do Esporte Interativo para quem não fechar TV aberta termina dia 30 Oferta do Esporte Interativo para quem não fechar TV aberta termina dia 30 Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, abril 26, 2018 Rating: 5

8 comentários:

  1. E os 60 milhões por fora que o palmeiras recebeu ?

    Cadê a matéria ?

    ResponderExcluir
  2. Esporte Interativo é enganação vocês vão ver tudo voltando pra Globo

    ResponderExcluir
  3. Vai dar ruim. O Esporti interagrito parece um colegio interno com aqueles gritos dos narradore e comentaristas que parece que vierao da praça e nossa.
    Uma pena por que nao gosto da globo.
    Alcemir - Caucaia-ce

    ResponderExcluir
  4. O Palmeiras não poderá transmitir seus jogos pela internet. A regulamentação não permite. Um jogo pertence aos dois times segundo regulamentação atual.

    ResponderExcluir
  5. Quem era pra ser o fator determinante de qualquer negociação é que sofrerá. Não teremos acesso a uma parte dos jogos do campeonato, invés de progredirmos, estamos apenas escondendo ainda mais o nosso principal campeonato

    ResponderExcluir
  6. Depender de mim pode se acabar com esses time tem trocha pra dar.dinheiro essa quadrilha

    ResponderExcluir
  7. Não vai fazer a menor diferença a falta de transmissão na tv aberta, já que jogos deles é coisa rara na programação da Rede Esgoto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão nem é a TV aberta, o foda é se não fecharem nem o Premiere.

      Não fechando Premiere também, quem torce pra time do EI vai ter no máximo uns 10 jogos do campeonato para assistir e quem fechou com o SporTV vai ter uns 28.

      No final só o torcedor que saíra perdendo. Os clubes também, pois terão menos exposição, mas isso já é por culpa dele mesmos.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.