Mesmo na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco é o clube grande do nosso futebol que terá mais jogos exibidos apenas no Premiere nas dez primeiras rodadas do torneio nacional - serão sete, superando Flamengo (cinco) e Palmeiras (seis). A informação é da coluna de Gabriel Vaquer, no UOL Esporte.

A estratégia de apostar no Vasco para alavancar as assinaturas do serviço pay-per-view tem duas razões de ser. A primeira, e principal, é que o Vasco tem uma das cinco torcidas com maior número de assinantes cadastrados no Premiere - cerca de 7% do número de clientes.

A segunda, e este mais importante para o Vasco, é que o clube abriu mão do contrato habitual da segunda divisão nacional. Clubes que possuem acordos de pay-per-view podem optar por abrir mão do repase da CBF, cerca de R$ 8 milhões, para receber apenas o dinheiro que arrecadarem com assinaturas. Essa foi a escolha do Vasco.

Neste modelo de contrato, os clubes grandes normalmente podem faturar mais. A expectativa do Vasco é conseguir entre R$ 15 milhões e R$ 18 milhões este ano apenas com assinaturas da sua torcida.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco