Botafogo, Vasco e Cruzeiro, que vão disputar a Série B do Campeonato Brasileiro neste ano, avisaram formalmente nesta semana para a CBF e a Globo que não vão fazer parte do rateio igual do dinheiro pago pela emissora para exibir a competição. A informação foi publicada pela coluna De Primeira do UOL Esporte.

Os três clubes apostam que terão mais verbas com as assinaturas de torcedores Premiere.

Na Série B, o clube precisa escolher entre as duas modalidades. O valor (R$ 6 milhões + R$ 2 milhões em ajuda de custo para logística) será dividido igualitariamente para os outros 16 times do certame.

A expectativa é que eles arrecadem entre 14 e 17 milhões de reais.

Foto: André Durão/GE