(Reprodução)

O apresentador Benjamin Back, atualmente comandante do 'Arena SBT', participou do programa 'Dividida', do Mauro Cézar Pereira, no UOL Esporte. Na oportunidade ele disse que os programas esportivos atuais influenciam negativamente para as novas gerações não gostarem de futebole falou sobre a saída do FOX Sports.

“Eu vejo uma influência muito negativa da mídia esportiva no que está acontecendo no futebol. Uma grande parte da mídia está distorcendo o que é o futebol. Estão transformando o futebol num produto chato, modorrento… parece programa de economia. Você liga em programa de futebol e ficam 40 minutos discutindo balanço, gráficos, usando termos que a maioria não consegue entender. É box to box, flutuação, último terço do campo, pirâmide invertida… E aí as gerações que estão vindo aí não querem saber. Tem cara que comenta futebol que eu pego futebol pra saber o que está falando. Tá construindo um foguete na NASA? Física quântica? Esse formato acabou. Ele resiste na TV à cabo, mas sobrevivendo por aparelhos. É a minha visão”, disparou.

“Fui muito feliz na Fox. Fazia os programas que eu queria, como eu queria… Mas quando teve essa fusão, eu já não enxergava ser feliz nesse novo formato. Quando fui chamado para conversar, não podia aceitar jamais uma cláusula de exclusividade daquela. Demorei muitos anos pra construir a marca Benja e não posso pegar e jogar no lixo. Então eu falei que não ficaria de jeito nenhum com essa exclusividade. Não posso abrir mão do meu podcast, dos meus merchans, de um canal no YouTube, fazer minhas lives… Pra mim não foi surpresa, eu ia sair independente do SBT ou não”, finalizou.