(Reprodução)

QUAL A FUNÇÃO DO ESPN EXTRA?

O canal ESPN Extra parece que perdeu a função de existir após a fusão com Fox Sports. Há meses que nenhum evento ao vivo é mostrado no canal. Vale o expediente de cobrá-lo “a la carte” como Sky/DirectTV Go o fazem? Claro HDTV ainda não incluiu o canal. Já na GuigoTV o canal está no pacote básico. Mas a questão é, qual sua função? Já foi o e-sports e o projeto ESPN W, mas agora, virou um Fox Sports 2. Até quando os canais Disney terão suporte para seis canais lineares? A pergunta é bem capciosa. Poder-se-ia, muito bem, integrar vários conteúdos do ESPN Play aos canais, mesmo que a narração fosse em inglês, já que o serviço de streaming é um dos mais pesados que já testamos. Por que não integrar?

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio
BLÁ BLÁ BLÁ DEMAIS NA BAND

A semana foi marcada pelo bate-boca, velado ou não, entre Neto e Denílson na Band. Todas as pessoas têm o direito de opinião, mas como já destacou-se na coluna, opinião nem sempre é conhecimento. Mas este não é o ponto. Há questão de orientar posturas profissionais e apontar caminhos éticos para o comportamento entre profissionais. Faz tempo que a “coluna” evita de acompanhar os programas esportivos da Band, porque deixaram de articular a informação sobre o esporte e priorizam uma conversa de botequim. Talvez lá, dar indiretas seja bem-aceito, já enquanto uma marca, o bom senso diria que não…

POR QUE SÓ JOGOS DO BRASIL SPORTV?

Os canais Sportv estão mostrando a SheBelieves Cup, chamando-o por nome genérico. O torneio já teve como casa os canais ESPN. São quatro seleções, jogando entre si, em turno único. O canal opta em mostrar apenas os jogos do Brasil. Por quê? O futebol feminino precisa de maior vitrine. Mostrar apenas o Brasil furta o torcedor em acompanhar grandes jogadoras, e tornar familiar às forças que atuam no futebol do continente americano. Novamente a reclamação de canais, não é só a ESPN que esconde coisas… no horário de Estados Unidos vs. Canadá, 18 de fevereiro, o Sportv3 estava com reprises. E ainda sim, poder-se-ia usar o espaços dos Premiere se não houvesse espaço. A questão que se propõe é, por que tanta dificuldade em mostrar os jogos?

A COLUNA INDICA: DINHEIRO EM JOGO

O jornalista Rodrigo Capelo mantêm um ótimo Podcast, “Dinheiro em Jogo”, que pode ser acessado via serviços de podcast, GE.com ou GloboPlay. Um espaço de debate com assuntos que vão além das quatro linhas. Negócios, economia, marketing esportivo e política. Por exemplo, no episódio de 15 de fevereiro, discutiu-se o futebol mexicano. Futebol é negócio e os negócios são de natureza política. O que torna fácil entender o lugar da mediocridade dos sul-americanos no último mundial de clubes da FIFA.