Coluna do Professor #352, por Albio Melchioretto

(Reprodução)

PAULO CALÇADE, O SINCERO

Entre as muitas coisas que me irritam, na televisão esportiva, é o comentarista animador de plateia. É aquele tipo, que diante do jogo ruim, tenta minimizar o fracasso esportivo. Noutro lado há aqueles que são honestos, como por exemplo, Paulo Calçade, um dos melhores comentaristas da ESPN Brasil. Durante o jogo entre Sheffield United vs. West Bromwich, no primeiro tempo, por várias vezes, o comentarista denunciou a tortura em assistir aquele jogo: “que jogo ruim!”. Não escondeu a indignação com o baixo nível técnico. No segundo tempo, reconheceu a súbita melhora. Tomo ele como exemplo pela forma honesta como se direciona ao público. Sem o puxasaquismo de outros, sem a encimadomurismo de alguns engomadinhos, houve e há um bom trabalho. No mínimo é o que se espera de bons profissionais: honestidade.

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio
O MIMIMI DAS REDES ANTISSOCIAIS

Uso o termo do comentarista Rômulo Mendonça, as redes “antissociais” para falar das mídias sociais virtuais. Que chatice encontramos nela. No jogo da eliminação do Palmeiras frente ao Tigres, Paulo Vinícius Coelho, o PVC, fez uma piada, necessária, engraçada e bem colocada diante do verdinho. Enquanto os arrogantes planejavam a final contra o Bayern, PVC chamou atenção para o momento medíocre do futebol brasileiro. Ao mesmo tempo a internet, com seus juízes de moral elevada, já partiram para “cancelar” o jornalista. Precisamos por pontos em alguns lugares. Uma coisa é opinião, outra informação e outra ainda o conhecimento. Não é possível equiparar as três categorias. Por acaso, o jornalista, no exercício da profissão, agora só pode falar o que a opinião comum aceita? Óbvio que não! O comportamento das mídias beira o antissocial. E convenhamos, o que falar de um time que não tem mundial, e nem final? Exaltar a derrota? Por isso há uma separação clara entre opinião, informação e conhecimento…

TRETA

É difícil consumir uma reportagem com qualidade na mídia massiva brasileira na internet. Via de regra, poucas linhas e quase nenhuma informação. Difícil gerar conhecimento. A mídia esportiva europeia, insistem em longas linhas. The Guardian, por exemplo, é um deleite para entender melhor o campo de jogo. Na segunda-feira e terça-feira, últimas, o Sport de Barcelona, e a France Football se digladiaram por conta do suposto interesse do PSG em Messi. Jogo de palavras, capas, fotos e muita “treta” entre os dois noticiosos. Saíram do campo do Mimimi e partiram para uma forma diferente de “fazer” notícia. Sinto falta dos posicionamentos mais fortes, com conteúdo, muito diferente da superficialidade que aqui encontramos. Parece que o jogoabertismo tomou conta das redações: muita conversa, brincadeiras idiotas e pouca inteligência nas proposições.




Coluna do Professor #352, por Albio Melchioretto Coluna do Professor #352, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on 10.2.21 Rating: 5

8 comentários:

  1. Ok, nada contra o seu texto, mas gostaria de saber o porquê do uso do termo "verdinho"?
    Soa como uma simples provocação barata.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, amigo, "verdinho" é a palavra mais adequada para o Palmeiras no momento! Ou você está gostando desse timinho sem alma, sem vontade, sem postura, sem qualidade que o Palmeiras tem atualmente? É verdinho, e olha lá ..... poderia ser um verde desbotado ..... rsrsrs

      Excluir
    2. Quanta dor de cotovelo. Saudações do campeão da América!

      Excluir
    3. Exatamente, o time acabou de ser campeão da Libertadores, aí vem o cara falar uma besteira dessas.
      Com certeza o time dele deve tá uma maravilha

      Excluir
    4. Um time sem alma, faz gol do título aos 54 do segundo tempo, é cada uma rsrsrs

      Excluir
    5. O time dele (Brusque) depois que ganhou a nova arena e patrocínio da Havan, que é bolsonarista, segundo o colunista era o fim do Brusque, que o time ia acumular vexames, ia a falência com essa parceria, fora a camisa horrorosa verde e amarela, deveria ser vermelha.

      Como vimos, aconteceu tudo isso que ele previa do time dele e da cidade dele, faliu (ganhou a Série C), acumulou vexames (Subiu pra B e chegou nas cabeças do Catarinense).

      Excluir
    6. No mínimo até o final de 2022 o ódio destilado por causa dos vermelhos fora do mandato em Brasília vai prevalecer.

      Excluir
  2. PAULO CALÇADE, O SINCERO
    Concordo plenamente. Desde o tempo que comecei a acompanhar os jogos que ele comentava na Record, em 2002, sempre no mesmo (alto) nível de comentários. Se não for o melhor, um dos melhores comentaristas no Brasil. E quanto ao Campeonato Inglês, é tipo um Lucas Lima, muito valorizado, mas na prática, é de mediano pra baixo.

    O MIMIMI DAS REDES ANTISSOCIAIS
    Concordo em quase tudo, o problema ai nesse comentário é que esqueceu de falar dos comentários do jornalista citado. Até uns 2, 3 anos atrás, era um dos melhores comentaristas como o Calçade citado acima, só que o negócio subiu na cabeça. Todas essas ações que vc citou na coluna a respeito do pessoal da internet fez com ele, ele faz com quem não concorda com as opiniões dele no ar. Só não teve peito pra encarar o Edmundo por 3 vezes na Fox, mas na RGT parece que se encorajou de vez, no melhor estilo do pessoal da internet que vc citou.

    VERDINHO
    Já ouviu falar de que pra ter respeito precisa praticar o mesmo? Um "jornalista" que cobra tanta coisa e se diz contra qualquer tipo de insulto ou agressão seja física ou na internet como pode se referir dessa forma numa matéria dessas? Pra torcedor rival ou mesmo do time, legal a provocação, mas para um "jornalista puritano" não fica legal.
    É o típico faça o que eu falo não faça o que eu faço. Esse site caiu muito em qualidade. A agenda virou um lixo, falta tudo e o que tem metade está errada. Colunistas tinhamos ótimos, como o Carlão Salvador, agora só sobrou o petista inrustido.
    Uma pena o Ribamar deixar o site que era ótimo virar essa várzea.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.