Mauro Cezar critica 'silêncio' da imprensa sobre público na final da Libertadores


(Reprodução)

O jornalista Mauro Cezar Pereira criticou o "silêncio" da imprensa sobre os 10% da capacidade do Maracanã liberados para a final da Libertadores neste sábado (30). O comentarista se disse espantado com a "omissão" dos colegas e vê contradição de quem pedia para as pessoas ficarem em casa há alguns meses, por conta da pandemia do novo coronavírus.

"Não teremos um Maracanã repleto, mas cerca de 5 mil pessoas são esperadas e aí a versão oficial é "não, mas são jogadores, árbitros, técnicos, comissão técnica, staff da Conmebol, pessoal de segurança, empregados do Maracanã, imprensa", aí vem convidados dos patrocinadores e dirigentes da Conmebol, autoridades da cidade, do estado e país, e convidados dos clubes finalistas. Eu soube essa semana já de duas pessoas que não têm nada a ver, mas que vão. Um porque foi convidado e o outro porque trabalha para uma empresa que é uma das patrocinadoras do evento, parceira da Conmebol", disse Mauro no podcast "Posse de Bola", do site "UOL".

"Me espanta a omissão e o silêncio subserviente de parte da imprensa, que pediu "fique em casa" durante meses e agora está achando tudo lindo. É uma contradição. Durante muito tempo criticando clubes que eram para ser criticados tentaram forçar, como foi o caso do Flamengo, a volta de forma muito precoce, pedindo para o futebol não voltar, jornalistas que falaram "o futebol não pode voltar" e que agora estão batendo palmas para isso", continuou.

"Esse é um ponto que me chama muita atenção. Como se faz silêncio por conveniência, como se discursa muitas vezes quando é fácil falar. Aí, de repente, quando o patrão muda de ideia e o 'fique em casa' não vale mais à pena, aí todo mundo faz festa, todo mundo solta rojão, acha tudo lindo e maravilhoso. São realmente muito cordatos e obedientes os companheiros", completou.

Com informações do LANCE!




Mauro Cezar critica 'silêncio' da imprensa sobre público na final da Libertadores Mauro Cezar critica 'silêncio' da imprensa sobre público na final da Libertadores Reviewed by Ribamar Xavier on 30.1.21 Rating: 5

9 comentários:

  1. Me espanta também o silêncio dele com relação a decisão da Copa Sul-americana, onde fizeram a mesma coisa, e nem a imprensa, nem o dono da verdade em questão falaram nada.

    ResponderExcluir
  2. E a decisão da sul-americana foi no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi no Estádio Mario Alberto Kempes em Córdoba na Argentina

      Excluir
  3. Mauro Cezar Pereira X Imprensa
    A Batalha Final

    ResponderExcluir
  4. se Fosse que nem o Show Do Intervalo do Super Bowl 2021 que tem as atrações musicais que vai ter só Pessoas vacinadas ai não teria problema nenhum mais a quantidade de gente que vai esta nessa final e um absurdo, se fosse Pessoas que tivesse tomado segunda dose e tivesse feito um esquema especial para os vacinados não ter contato nenhum com os não vacinados ai não haveria problema nisso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBS: mesmo vacinado tem que continuar a usar mascara, álcool gel e distanciamento social (evira aglomerações) ai para quem não tomou a vacina não pegar a covid-19 até ter o Efeito da segunda dose contra a Covid-19

      Excluir
  5. Dessa vez concordo com o ManjaRola, tem certos canais e "profissionais" que se posicionam de acordo com o próprio umbigo. Hoje é #ficaemcasa ai do nada amanhã é #vamosprarua ou #vamosproestádio e no outro ainda faz reportagem e crítica alegando que tinha gente no estádio, causando aglomeração.

    ResponderExcluir
  6. Qual foi o posicionamento da Disney, além do próprio Mauro César que é funcionário da Disney?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não é mais funcionário da Disney.

      Você perdeu esse capítulo?

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.