Disney estaria 'exigindo demais e oferecendo de menos'; novos programas saem do ar no FOX Sports

(Reprodução)

O colunista Ricardo Feltrin, em seu espaço no UOL, publicou que quem assinar com a Disney tem de abrir mão de manter sites, blogs, canais no YouTube, podcasts e muito menos trabalhar em rádios. A exclusividade é total.

Estão exigindo demais e oferecendo de menos, disse sob anonimato um dos profissionais procurados para continuar na pós-fusão.

Segundo essa fonte, a Disney estaria se aproveitando do fato de que o FOX Sports irá acabar, e do consequente "excesso de mão de obra esportiva" na TV, para oferecer contratos com valores bem abaixo do esperado - e com muitas exigências.

Fontes nas emissoras ESPN e FOX Sports disseram que também há casos de profissionais que estão dispensados também por suas posições políticas ou polêmicas em redes sociais.

Nas últimas horas, além dos que já tinham acabado, foram tirados do ar no FOX Sports os programas 'A Última Palavra', 'Aqui com Benja', 'Jogo Sagrado' e 'Giro FOX', segundo publicação do colunista de TV, Flávio Ricco, no R7.

De toda a grade que existia, sobraram 'FOX Sports Rádio', 'Tarde Redonda', 'Expediente Futebol' e 'Debate Final'.

Setores da Disney e os que foram transformados em seus porta-vozes, insistem em dizer que o canal não sofre um processo de desmanche.




Disney estaria 'exigindo demais e oferecendo de menos'; novos programas saem do ar no FOX Sports Disney estaria 'exigindo demais e oferecendo de menos'; novos programas saem do ar no FOX Sports Reviewed by Ribamar Xavier on 10.12.20 Rating: 5

11 comentários:

  1. Esse tal de Lucas só pode ter alguma coisa contra o Flávio Ricco. Toda matéria que aqui é postada, esse cara se desfaz do ricco! Cuidado a inveja mata

    ResponderExcluir
  2. O que esperar de um conglomerado que pensa em gerar mais lucro e explorar a mão de obra barata do trabalhador? É esta a lógica do capital!!! Uma das frases na reportagem é bem clara quanto a isto: "a Disney estaria se aproveitando do fato de que o FOX Sports irá acabar, e do consequente 'excesso de mão de obra esportiva' na TV, para oferecer contratos com valores bem abaixo do esperado". Lamentável!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí depois,fica bravinha que a globo tira profissionais dela,é claro,queria o que? O profissional vai trabalhar num local onde se tenha boas condições de trabalho,bom clima e boa remuneração .A espn quer que os profissionais sejem exclusivos dela,faze-los abrir mao de seus outros trabalhos,sem dar uma remuneração a mais,e ,em alguns casos ainda reduzir?Aí é pedir demais né.

      Quero ver como vão resolver com o Mauro cesar,ja que ele tem diversos trabalhos.Ja sentiram o golpe da saída do Benjamin Back,da Renata Silveira,do Everaldo marques,da Gabriela Moreira,e do PVC que eles queriam de volta,vamos só ver se vão abrir exceção ou se ele vai se sujeitar a isso.

      Que triste é a ESPN de hoje em dia.

      Excluir
    2. Globo tbm exige exclusividade

      Excluir
    3. Mas a Globo paga muito bem pela exclusividade, e por exemplo PVC começou a escrever pro GE.com tambem.[

      Excluir
    4. E a questão não é nem só essa. Imagina ficar privado em um canal de tv fechada que tem uma pior audiência... Esses profissionais que vão para o Sportv se sentem atraídos também pelo fator Tv Aberta. Ser exclusivo do grupo globo é a chance de aparecer na tv Globo e pra mais gente, invés de ficar limitado á um canal de tv fechada. Poderia ser Sbt , Record ou Band com a exclusividade , que tem mais visibilidade do que qualquer fechado. Aliás , o BandSports (pelo fator de ter a Band) deveria usar desse artíficio para atrair profissionais que ficam escondidos na Espn.

      Excluir
  3. Bom pelo andar da carroagem o canal vai ficar só com reprises e reprises até o fim de 2021, não tá sobrando nenhum programa mais no canal ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E também só vai viver das transmissões de eventos ao vivo

      Excluir
  4. ESPN está fazendo isso pra falar que não demitiu e que foram os funcionários que não quiseram renovar o contrato.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente é a lei do mercado, pode estar jogando sujo moralmente os executivos da ESPN, mas nada fora da lei.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.