(Reprodução)

Galvão Bueno e Reginaldo Leme participaram de uma live no canal Senna TV, no YouTube, e na oportunidade o comentarista de Fórmula 1 relatou um momento que guarda em sua memória.

"Eu nunca vou esquecer na minha vida. Abertura do GP do Brasil. A gente tem aquela contagem regressiva, que a gente ouve o pessoal da transmissão. O pessoal vai mandando, um minuto, cinquenta segundos... Quando deu quarenta, ele mandou eu tirar o fone, fechou o microfone de todo mundo e falou no meu ouvido: 'Eu não sei o que vai acontecer, mas se for nossa última transmissão, saiba que estes 39 anos valeram muito'. Ligamos tudo, todos emocionados e fomos para a transmissão. Galvão, eu nunca vou esquecer isso", disse Reginaldo Leme.

Emocionado com a recordação, Galvão disse: "Era o mínimo que eu poderia fazer. Foram 39 anos que vivemos mais juntos do que com as nossas famílias. Naquele momento, a saída não estava definida, mas, eu sentia que era a última transmissão juntos. Não tem como não se emocionar, virei para a câmera, respirei fundo e fomos para a transmissão. Eu quero dizer que valeu demais".

Com informações do UOL Esporte