Coluna do Professor #333, por Albio Melchioretto

(Reprodução)

No final de semana que a televisão brasileira celebra setenta anos, a Bundesliga dá um passo importante para abandonar as transmissões televisivas. A televisão surgiu no Brasil para uma rede de 200 aparelhos ligados apenas. Passados setenta anos convivemos com múltiplas plataformas e centenas de milhares de aparelhos, a Bundesliga faz uma aposta pensando na geração futura e no ciberespaço. Há estudos que apontam a diminuição do tempo de televisão da geração escolar e o aumento de tempo em aparelhos mobile. Se a tendencia se confirmar na próxima década, o consumo do esporte estará em plataformas preparadas para aparelhos mobile. A jogada da Bundesliga é arriscada a curto prazo, mas vislumbra novos mercados e público a longo prazo.

Durante a abertura da temporada, no encontro de Bayern vs. Schalke acompanhei pelo Twitter uma onda de reclamações no Twitter. Dificuldade de acessar e de encontrar os jogos. O aplicativo responsável é o Onefootball (transmiste a K-League, Preliminares da Champions e divisões inferiores da Bundesliga). A visualizar as partidas é exclusivo do app. O site não oferece esta disponibilidade e também não há app nativo para SmartTV e função chromecast. Não curto ver jogos na tela do PC, nem no celular, então aventurei-me em sites repletos de vírus para encontrar uma forma de fazer funcionar o app mobile para uma televisão. Vamos aos passos.

1. Encontrei o arquivo de instalação (APK) na rede. Utilizei a chave de pesquisa onefootball.apk via Google e o salvei em meu desktop. Foram 4 tentativas até achar o *.APK. Descobri que o *.XAPK é incompatível.

2. Utilizei o GoogleDrive para passar o APK do PC para a TV Box, visto que a Box não aceita arquivos em periféricos.

3. Para abrir o arquivo e realizar a instalação, busquei as configurações da TV Box e alterei o comando de fontes desconhecidas. Tornei as fontes desconhecidas aceitáveis. O sistema, via de regra, por questões de segurança bloqueia fontes desconhecidas, forçando o usuário a usar apenas a play store. Recomenda-se o bloqueio, porém, diante da necessidade, abri a exceção.

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio
4. Encontrei o app X-plore. Ele é um gerenciador de arquivos. Permite acessar a conta do Google Drive na TV Box e assim, realizar a leitura de arquivos. Neste caso a instalação do OneFootball.

5. Como o app do OneFootball, que não é natural para ambiente de televisores com Android, tive utilizar o Sideload Launcher. Ele funciona como uma “menu” de apps não reconhecidos naturalmente. Aproveitei o embalo para fazer outros apps na TV.

6. Tudo funcionando? Ainda não. O App necessitava ser rotacionado para ficar na proporção 16:9 de meu aparelho. Como não há configuração, no Box e sequer no APP, tive que me valer de um outro app. Agora foi a vez do Set Orientation. Muito intuitivo.

7. Aplicativo redondo veio uma última surpresa. Pelo controle do Box não tive acesso ao menu dos jogos. A solução foi usar um miniteclado com função mouse para deslizar até o menu com os jogos. Ufa.

8. Tudo isso para ver um jogo da Bundesliga com narração em inglês. Vale a pena?

A Bundesliga manterá jogo único, nas manhas de domingo, às 10h30, na Band. Aí é só ligar o receptor, e apontar o número do canal e “bora” desfrutar de uma boa partida em língua mater. E que os deuses do futebol nos salve dos comentários de Müeller. 




Coluna do Professor #333, por Albio Melchioretto Coluna do Professor #333, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on 20.9.20 Rating: 5

7 comentários:

  1. é melhor baixar uma App que já vem tudo configurado, como no site: https://www.assistirtv.com.br

    ResponderExcluir
  2. Por essas e outras que paguei por uma lista IPTV internacional.

    ResponderExcluir
  3. Bacana a ideia do onefootball de passar os jogos de graça, porém o celular é um dispositivo usado de maneira dinâmica, a pessoa normalmente faz várias coisas ao mesmo tempo, prefere vídeos rápidos, assistir uma partida de futebol completa no celular é algo raro, além do mais o fato de não disponibilizar narração em português dificulta ainda mais esse fato. Torço pra que exista algum tipo de parceria. A respeito dessas ligas saírem da tv, quem mais perde com isso somos nós, que no fim pagaremos mais pra ter todo o leque de campeonatos que tinhamos antes por valor x e agora teremos que assinar vários app como dazn entre outros pra ter até menos ligas, embora essa seja um caso ímpar por ser disponibilizada de graça.

    ResponderExcluir
  4. Deixamos de assistir a vários jogos em português na tv para ter que acabar com a vista na tela do celular com transmissão em inglês!!

    ResponderExcluir
  5. Onefootball vai colocar narração português no próximo mês

    ResponderExcluir
  6. Mas o Müller comentou o Campeonato Italiano, que foi onde ele jogou, e não o Alemão.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.