Coluna do Professor #327, por Albio Melchioretto

(Reprodução)

A AVENTURA DE ENCONTRAR UM JOGO DO BRASILEIRÃO FEMININO A1

O Brasileiro Feminino, série A1, nesta temporada tem jogos mostrados na Band (televisão), Twitter e CBF TV (streaming). Relato hoje a experiência de acompanhar o jogo da última quarta, 27, do Internacional frente o Flamengo. Minha intenção, para além de acompanhar as mulheres, era conhecer o serviço da CBF TV. Uma experiência frustrante, apesar de o bom conjunto envolvendo narrador e comentarista. A frustração aconteceu diante das dificuldades de chegar no jogo. A CBF TV usa a plataforma Mycujoo - aquela mesma que não suportou o pay-per-view do Flamengo pelo Carioca, mas internacionalmente é conhecida por apresentar futebol alternativo. Lá você encontra jogos de Laos, Chipre e Mongólia, entre outros. O foco de hoje relatarei as tentativas de chegar ao jogo.

Primeira tentativa: tentei através da TV Box (Izy Player, Intelbras). O app da Mycujoo para Android TV (versão 9) é muitos simples. Apresenta duas opções no menu, primeiro a busca e por segundo, os jogos ao vivo. O jogo não apareceu na lista, sequer na busca. Tentei várias chaves com combinações diferentes como, CBF, Internacional, Flamengo, Brasileirão A1 e outras combinações aproximadas. Nada de encontrar. O mesmo aconteceu noutro dia quando tentei acompanhar o Paulista A2.

Segunda tentativa: tentei o app do celular com intenção de vê-lo na TV pelo chromecast. O mesmo problema. Não localizei o jogo no app. Pelo menos no celular, com Android 10, o app traz maiores informações e calendário. Mas nada de localizar o jogo. Ele não está lá. As buscas retornam um jogo de 2018, pelo Feminino U18. Nada da peleja desejada. Tentei a busca com outros jogos agendados para o dia, como o Acriano, programado para a noite. Busca funcionando. Tentei o confronto do Santos vs. Audax, já encerrado. Encontrei os melhores momentos. Mas o jogo ao vivo, nem morto.

Terceira tentativa: busquei o jogo pela CBF TV. Site hospedado dentro do site da CBF. Mas só o placar do “ao vivo” sem nada de informação da transmissão. Muita propaganda da Série A e B, mas nada das mulheres… Este é o lugar do futebol feminino?

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio
Quarta tentativa: Digitei no Google o jogo com a chave (+ CBF TV + ao vivo). Achei e está lá na CBF TV. Fui para o link da transmissão. Cheguei no jogo e fui direcionamento para o site do Mycujoo. Lá no site tentei abri-lo no app. Transmissão mais leve, o tolo pensou. Tentei no celular e no tablet. Em ambos a mensagem de “erro de atualização”. Ver jogo apenas browser, por que o app não reconhece, mesmo com app instalado, a alternativa foi aquela de menor desempenho.

Quinta tentativa, ufa: No browser espelhei via chromecast a tela na televisão. Depois de cinco frustrantes tentativas, cheguei no jogo no minuto 20. Por essas que tenho muitas críticas ao streaming. Um receptor de televisão, você liga, escolhe o canal e ali está. No streaming, é aplicativo, é acesso, cada um funciona com suas características. Não é apenas ligar e ver, é ligar, passar por um caminho, logar, digitar, buscar, chegar, ver e se tiver sorte, assistir.

Além das dificuldades do acesso à instituição não promove o espetáculo. Jogo do dia, banner na primeira página. É triste ver que a organizadora não organiza a propaganda daquilo que ela deveria mostrar. Recorri a um motor de busca para chegar naquilo que não estava no site. Problemas no site, problemas na plataforma… pensei em tentar os sites dos clubes, mas experiências anteriores mostram que são tão ruins ou pior...




Coluna do Professor #327, por Albio Melchioretto Coluna do Professor #327, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on 30.8.20 Rating: 5

5 comentários:

  1. Desorganização e um player mal feito. Quando vejo que algo é pelo mycujoo nem perco tempo

    ResponderExcluir
  2. Discordo em culpar o streaming. Acho simplista dizer que a tecnologia é Ruim. Não se pode confundir a tecnologia (streaming) com a plataforma de transmissão e a promoção/visibilidade do evento.

    ResponderExcluir
  3. Eu encontro via CBF + CBF FUTEBOL BRASILEIRO + TRANSMISSÕES = JOGO AO VIVO (mesmo assim para quem é leigo é ruim demais!

    ResponderExcluir
  4. Reclamar é válido para buscar melhorias, mas reclamar dizendo que na tv é mais fácil e melhor? Blz, depois não reclame pq falta representatividade e democratização. A internet e o streming vieram pra fazer isso. Espn, Sportv, bandsports, ng tá transmitindo isso. O chorôrô vai até ser pior. Em vez de reclamar que tv é melhor, temos que reclamar pra que melhore o sistema da internet, isso sim. E lembrando o mycujoo, na maioria dos jogos é 100% grátis. Resumindo, é difícil cobrar algo de alguém que quase não cobra pra assistir um jogo. O site deve evoluir com o tempo, é preciso entender a dinâmica dos caras, criticar, mas ter paciência.

    ResponderExcluir
  5. É complicado mesmo. Eu encontro os jogos somente pelos perfis nas redes sociais dos clubes, já desisti de encontrar uma partida no my cujo de outro jeito. Aliás, as transmissões apenas são realizadas para a galera não cair matando na CBF, os jogos já estão escondidos, e além disso somente com uma câmera, sem replay. É aquela coisa, "pelo menos estão transmitindo", mas poderia ser bem melhor.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.