(Reprodução)
O presidente da Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos (Aceg), Alex Bagé, explicou que, segundo o protocolo enviado pela entidade, juntamente com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), concernente a volta dos jogos do Campeonato Gaúcho, "quase não terá imprensa no estádio".

Ao Coletiva.net, O jornalista enfatizou que, com a predisposição do Governo do Estado em não liberar o futebol, caso o Estado seguisse o exemplo do Rio de Janeiro, foi tomada a decisão de enviar apenas um jornalista e cinegrafistas da RBS TV (afiliada Globo) para o campo, diminuindo o número de pessoas envolvidas no jogo.

Ainda de acordo com Bagé, os profissionais das emissoras de imprensa que realizam a cobertura do campeonato atuarão das sedes de suas empresas, transmitindo em off tube, ou seja, comentando e narrando a partir das imagens geradas pela televisão.

Procurada para explicar como funcionaria a captação e distribuição de materiais dos jogos, a RBS TV, por meio de sua área de Comunicação, emitiu a seguinte nota: "No momento, enquanto empresa detentora dos direitos da transmissão, em parceria com a Rede Globo, o Grupo RBS está aguardando a oficialização da data de retorno do Gauchão. Uma vez definida, um modelo de operação de transmissões e produção de conteúdo será estruturado, seguindo todos os protocolos de segurança indicados pela Federação Gaúcha de Futebol".