"Apoio ocasional não proporciona um debate completo", diz Grêmio sobre manifesto da MP da TV

(Reprodução)
O Grêmio foi um dos quatro clubes que disputarão o Campeonato Brasileiro Série A, a partir de agosto, que não assinaram um manifesto publicado nesta quinta (16) sobre o futuro dos direitos de transmissão no Brasil, e que reivindica que o poder de comercializar as partidas seja apenas do time mandante.

Para o presidente do clube gaúcho, Romildo Bolzan Júnior, é necessário haver um maior debate sobre o tema. "Neste momento inicial, o que mais temos de ter é cautela, informação e a busca por conceitos de regulação, estruturação do futebol e a distribuição mais igualitária do financiamento do futebol, com o objetivo de nivelar a competitividade. Com isso, o Grêmio não assinará o manifesto, porque entende que seria melhor aprofundar todas essas questões, e um apoio ocasional não proporciona um debate completo", disse Romildo.

O documento defende a “democratização das transmissões de futebol”, com a transformação da Medida Provisória 984, publicada pelo presidente Jair Bolsonaro em lei. "O Grêmio está aprofundando internamente o debate sobre o assunto e formará posição estratégica de toda a regulação do futebol. Este é apenas um tema. Vamos nos preparar para o que vem pela frente, sejam as mídias, os produtos em geral, a estratégia de negociação e principalmente a identificação de compradores e valores que esses negócios possam gerar", completa Romildo.

Com informações do GauchaZH




"Apoio ocasional não proporciona um debate completo", diz Grêmio sobre manifesto da MP da TV "Apoio ocasional não proporciona um debate completo", diz Grêmio sobre manifesto da MP da TV Reviewed by Ribamar Xavier on 16.7.20 Rating: 5

Um comentário:

  1. Os dois grandes tricolores, além de Fluminense e Botafogo, contrários à MP. Sempre tem a turma do contra.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.