"Não me parece que esteja praticando jornalismo de forma isenta", afirma VP do Flamengo sobre a Globo

(Foto: Globo e Flamengo - Ilustração: Allan Simon)
Sem acordo quanto aos direitos de transmissão do Campeonato Carioca, Flamengo e Globo falam línguas distintas quanto a interpretação da Medida Provisória nº 984, assinada na semana passada pelo presidente Jair Bolsonaro e que determina os clubes mandantes como titulares únicos dos direitos de transmissão de eventos esportivos.

Nesta terça-feira (23) a novela ganhou novo capítulo quando um dirigente do Flamengo questionou a abordagem da emissora em seus programas. Foi Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do clube que se posicionou por meio do Twiter.

"Já notaram que a Globo critica a MP (nº 984) que libera a transmissão do futebol, em seus diversos programas jornalíst/ (icos) esportivos, sem que dê espaço a que a outra corrente apresente sua tese? Não me parece que esteja praticando jornalis/ (mo) de forma isenta, o que digo com carinho à emissora", publicou. "Que respeito pelo trabalho realizado no Brasil e no RJ. Não somos adversários, somos parceiros, mas temos alguns interesses divergentes momentaneamente e, dessa vez, julgo que a razão está com o direito dos clubes", concluiu.

Já em entrevista ao canal 'Paparazzo Rubro-Negro', no YouTube, Dunshee assegurou que o clube tem direito para a transmissão dos jogos do Carioca como mandante. "A gente estudou muito essa questão, ouviu muita gente. A gente entende que tem algumas situações que permitem chegar a conclusão que a gente pode, sim, transmitir os jogos nos quais o Flamengo é o mandante. Em primeiro lugar e o mais óbvio: o Flamengo não tem contrato com a Globo. O contrato da Globo tem uma cláusula dizendo que o valor global contratado com os clubes e a Federação, caso o Flamengo não participasse ou algum outro clube grande, sofreria uma redução de 25%. Então, assim, o não acerto com o Flamengo já está precificado naquele contrato. Não tem nenhum prejuízo à Globo o Flamengo não exibir seu jogo, porque aquilo já estava previsto por ela mesma", pontuou.

Procurada pelo UOL Esporte sobre a dispocição do Flamengo de transmitir a partida contra o Boavista, válida pelo Campeonato Carioca, a Globo disse que "o Flamengo não poderá transmitir qualquer um de seus jogos (ainda que seja mandante) porque a Globo é detentora dos direitos de todos os demais clubes participantes do Carioca. A nova medida provisória não afeta as competições cujos direitos já foram cedidos pelos clubes, seja para as temporadas atuais ou futuras." O Grupo Globo ainda esclarece que, por não deter os direitos de transmissão dos jogos do Flamengo no Carioca, seguirá sem transmiti-los.

O Flamengo já se mobiliza internamente para transmitir o jogo diante do Boavista pela FLA TV.




"Não me parece que esteja praticando jornalismo de forma isenta", afirma VP do Flamengo sobre a Globo "Não me parece que esteja praticando jornalismo de forma isenta", afirma VP do Flamengo sobre a Globo Reviewed by Ribamar Xavier on 23.6.20 Rating: 5

4 comentários:

  1. "A nova medida provisória não afeta as competições cujos direitos já foram cedidos pelos clubes"
    Acontece que o Flamengo não cedeu direito pra Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o adversário sim, Flamengo não joga sozinho. E o adversário vende todas as partidas, como mandante e visitante. Então Flamengo só pode transmitir quando for um time que não tem contrato ainda, por exemplo, Atlético Goias, Coxa, Red Bull Bragantino

      Excluir
    2. Não é isso que consta na MP Rafael. A MP vale para os clubes mandantes, independente se o adversário concorde ou não. Se o adversário foi o mandante, como nesse jogo no meio de semana, a RGT mesmo não tendo contrato com o Flamengo poderia ter transmitido, não transmitiu pq não quis. Agora o Flamengo vai exercer seu direito.

      Excluir
  2. A data do jogo se aproxima rapidamente. Vamos ver o que vai rolar.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.