Como manter os treinamentos mesmo em quarentena

Sequência de exercícios pode ajudar a distrair a cabeça em um momento delicado para o mundo

(Crédito: Adam Wilson on Unsplas)
O coronavírus impõe muitas restrições para grande parte da sociedade mundial. As medidas para que as pessoas não saiam de casa impediu que muitas coisas deixem de ser feitas, como bicicleta e spinning, seja em uma academia ou ar livre.

Assim como outros países, a população brasileira deverá permanecer em casa pelas próximas semanas. O número de pessoas que testam positivo para o vírus no país continua a aumentar. São mais de 10 mil mortos e outros milhares de infectados, sem um remédio ou vacina que possa frear o avanço do vírus.

O cenário de caos faz com que muita gente deixe de praticar atividades físicas ou paralise parte de sua rotina. Deixe de ler, trabalhar ou realizar qualquer outro hobby que ainda seja possível mesmo com as restrições impostas pelo isolamento físico e social.

Mas é possível continuar praticando exercícios, como por exemplo a bicicleta. Se possível, monte sua bicicleta em um local com boa ventilação e que não seja abafado demais. Se você se sentir quente antes de pedalar, ferverá quando o treino começar.

Em seguida, encontre um conjunto de vídeos, podcasts ou filmes para preencher a quantidade de tempo que você deseja pedalar. A ideia é que a pedalada seja agradável e que o exercício não seja encarado como um esforço enorme. Por isso, a distração é fundamental.

Para iniciantes, pedalar por uma hora é um bom ponto de partida. Se você puder mudar algumas marchas e dificultar o processo, melhor ainda. Depois que você se cansar disso e quiser trabalhar na construção de um condicionamento físico de maior intensidade, faça um treino mais longo, mas sem tanta carga.

Para qualquer treino de intensidade, é necessário categorizar a intensidade em quantidades para que possamos aumentá-la e diminuí-la de acordo. Como nem todos temos medidores de energia ou monitores de freqüência cardíaca, podemos medir nosso esforço percebido com base na respiração.

Quando você se esforça um pouco mais, e ainda consegue falar, mas é difícil de cantar, provavelmente está próximo do seu esforço de resistência . Quando é desconfortável conversar, e você precisa pausar e respirar todas as outras palavras, está alcançando o que os treinadores chamam de ritmo zona.

Quando é notavelmente difícil conversar e parece que você está subindo uma colina íngreme com um vento forte, essa é sua zona de limiar . Acima disso, é preciso desligar um pouco e relaxar para que uma lesão seja evitada.

É claro que você sempre pode reduzir a duração do intervalo ou diminuir a carga de intensidade. Fique atento aos sinais do seu corpo e não tenha pressa em alcançar um nível acima ao que você se encontra atualmente.





Como manter os treinamentos mesmo em quarentena Como manter os treinamentos mesmo em quarentena Reviewed by Ribamar Xavier on 13.5.20 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.