"É importante que coloquem na grade de programação e não para tapar buraco", diz Mauro Cézar sobre Brasileirão no exterior

(Reprodução/ESPN)
Os clubes que disputarão o Campeonato Brasileiro devem sacramentar nesta sexta-feira (17) a venda dos direitos internacionais da competição por cerca de R$ 210 milhões. Para o comentarista Mauro Cézar Pereira, da ESPN, mais do que o valor - considerado baixo - o mais importante é a oportunidade de expandir o mercado das equipes mundo afora.

"Importante é a visibilidade. Os times do Brasil raramente são conhecidos lá fora, em qualquer loja de material esportivo é muito difícil de achar algo de time brasileiro, porque os times brasileiros são desconhecidos na Europa, porque não jogam lá, não tem jogos na TV. Então, a possibilidade de o Brasileirão ser visto na Europa e outros continentes é mais importante até do que os valores da negociação", pondera.

O comentarista, no entanto, diz que os clubes se deveriam se certificar de que o torneio não será vendido para passar na madrugada. Uma espécie de tapa-buraco de programação de TV estrangeira.

"Mas vão vender em troca de um trocado ou pensando na visibilidade dos times? É importante que coloquem na grade de programação, não para tapar buraco na TV. Já que os times brasileiros não jogam lá fora, que a TV os levem para Europa, Ásia e África. E o ponto importante é quantos jogos ao vivo passa, para que o Brasileirão não possa ser tapa-buraco em madrugadas", concluiu.




"É importante que coloquem na grade de programação e não para tapar buraco", diz Mauro Cézar sobre Brasileirão no exterior "É importante que coloquem na grade de programação e não para tapar buraco", diz Mauro Cézar sobre Brasileirão no exterior Reviewed by Ribamar Xavier on 17.4.20 Rating: 5

3 comentários:

  1. Ele disse bem, mas tudo vai depender da Globo. Por conta do fuso horário, jogo as 11h de domingo dá pra passar ao vivo na Europa, agora jogo as 16h dependendo do lugar sim, mas jogo das 19 em diante, ou mesmo os da 21h30 na quarta, só duas alternativas : ou passa ao vivo de madrugada ou passa reprise como um "tampa buraco de grade".

    ResponderExcluir
  2. Então. Ou começarão a fazer igual a algumas ligas europeias de renome (especialmente La Liga e Série A TIM) que colocam certos jogos em horários locais ridículos para agradar os eventuais telespectadores de outros continentes (especialmente o asiático).

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.