Coluna do Professor #293, por Albio Melchioretto

(Foto: AP)
A COPA DO MÉXICO PARECEU-ME ‘A COPA’

O canal SporTV acerta em mostrar os jogos da Copa do México-70. Já havia visto, por meio do YouTube o jogo final. Lembro na ocasião, ter iniciado um debate em uma mídia social comparando a tricampeã com a seleção da Espanha-82. Na época os jogadores de Telê Santana me pareciam melhores. Entretanto, agora, visualizando os jogos em sequência, em México-70, tenho outros argumentos, melhores para aquela seleção. E para você nobre leitor, qual seleção brasileira de copa do mundo foi melhor?

O canal Sportv apresenta uma forma interessante de mostrar reprises. São jogos temáticos, apresentados dentro de um contexto, com entrevistas, pré-jogo e muito conhecimento histórico. Muito diferente das outras reprises que vemos ao longo da programação dele e de outros canais. Neste ponto, as intervenções dos comentaristas são fantásticas, além de trazer os autores da história. A grande sacada do canal, não é apenas a reprise, mas é uma história contada. Para quem gosta de estudar futebol, são lições valiosas. Claro que muitos desses jogos, se encontram em repositórios de vídeos, mas é uma alternativa interessante ao tempo. A atualização que a televisão propõe é uma releitura, diferente daquela dos repositórios. Apaixonante para o aficionado pelo futebol. Não é apenas o jogo pelo jogo, mas é o clima de uma competição que o programa “faixa especial” tenta apresentar.

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio
Muito legar perceber o cuidado das equipes e transmissão. A seleção do tri cometeu erros de passe, posicionamento, falhas de ataque e defesa. Há errados, em nível baixo, mas há erros. A zaga e algumas saídas do goleiro causam calafrios, mesmo conhecendo a história e o placar. Mas todos comentam com respeito e cuidado. Há o respeito pela conquista. É o cuidado pela história. Não é uma crítica pela crítica. Alguns comentaristas, sedentos por audiência, deveriam aprender com a sensibilidade da faixa especial. Criticar as jogadas, os erros, são necessárias, mas criar monstros é um papel que não cabe a mídia…

Agora, quero usar um argumento de Mauro Cezar Pereira: por que Globo, ou o mesmo Sportv, na onda das reprises, não mostra o “7x1”? Seria ótimo, para fazer um debate em torno da tragédia do Mineiro e propor um debate para tornar nosso futebol (estrutura organizacional e gestão) melhores?




Coluna do Professor #293, por Albio Melchioretto Coluna do Professor #293, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on 19.4.20 Rating: 5

Um comentário:

  1. Independente do motivo da releitura de jogos antigos (leia-se narração atualizada) a ação é COMPLETAMENTE ERRADA.

    Não há argumentos que viabilizem ou corroborem para um troço desses.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.