Treinadores demitidos no Brasil em 2020

(Crédito: Divulgação/iStock)
Em poucos meses de futebol no País, 15 técnicos já foram demitidos de clubes da Série A e B.

Nem tivemos três meses completos de futebol no Brasil em 2020 e 15 treinadores já foram demitidos de clubes da Série A e B. A paciência dos dirigentes e a pressão da torcida por vitórias cai sobre o técnico, que precisa fazer o que pode para sobreviver a esse imediatismo. Claro, que existem casos de trabalhos mal feitos, em que até mesmo a escolha dos cartolas do clube por determinado treinador já é contestável.

Imediatismo, falta de um bom planejamento, técnicos ultrapassados, as razões para essas demissões podem variar. Por isso, confira abaixo o levantamento do Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, e julgue os motivos para estes treinadores já terem sido demitidos em 2020.

Abel Braga
Os últimos trabalhos de Abel Braga como treinador de futebol não têm sido nada satisfatórios. Por isso, sua escolha para comandar o Vasco em dezembro do ano passado já foi contestada por boa parte dos torcedores. Essa contestação só aumentou conforme o time carioca foi jogando.

Atuações ruins, resultados negativos e problemas financeiros do clube culminaram na saída de Abel do comando do Vasco, três meses após assumir o cargo. Nesse período com o treinador, o time vascaíno teve um desempenho muito fraco, foram 14 jogos disputadas, apenas quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas, o que resulta em um aproveitamento de 40,4%. Além de que, o time cruzmaltino perdeu todos os clássicos cariocas que disputou contra Flamengo (1 a 0), Botafogo (1 a 0) e Fluminense (2 a 0).

Alberto Valentim

O treinador voltou ao Botafogo em outubro de 2019, vindo do Avaí. A lembrança do torcedor de Valentim no comando do time até que era boa, afinal, com ele o Botafogo foi campeão do Campeonato Carioca em 2018. No entanto, essa segunda passagem não foi nada boa.

Após uma reta final de Brasileirão 2019 pouco convincente, Alberto Valentim iniciou o ano de 2020 precisando mostrar serviço. No entanto, as atuações do time em campo não melhoraram e apesar de um aproveitamento de 66,6% (cinco jogos, três vitórias, um empate e uma derrota) em 2020, o treinador foi demitido após sua única derrota no ano (goleada sofrida no clássico contra o Fluminense por 3 a 0). 

Argel Fucks

Na lista dos treinadores demitidos em 2020 de clubes da Série A, Argel é quem teve o pior aproveitamento no ano. O treinador chegou ao Ceará em novembro de 2019 com a missão de evitar o rebaixamento do clube para a Série B nas três últimas rodadas. Mesmo com os resultados ruins, dois empates e uma derrota, o Vozão conseguiu se safar graças aos resultados das outras equipes, ou seja, independente dos pontos conquistados com Argel, a equipe cearense não seria rebaixada.

Isso dá a tônica do trabalho de Argel. Em 2020, o treinador comandou o time em cinco jogos, foram quatro empates e uma única vitória. Assim, Argel foi demitido ainda no início de fevereiro.

Cristóvão Borges

Após ficar por quase três anos fora do mercado, Cristóvão voltou a treinar um clube no final de janeiro de 2020. O treinador assumiu o Atlético-GO e apesar dos bons resultados no Campeonato Goiano e Copa do Brasil, durou apenas um mês no cargo. Cristóvão comandou o Dragão por sete partidas e teve um aproveitamento de 66,6%, com quatro vitórias, dois empates e uma derrota.

Apesar dos bons resultados, a diretoria optou por mandar o treinador embora um mês depois de Cristóvão assumir o cargo. A justificativa pela saída era de que o trabalho no dia a dia não agradava à diretoria. Assim, o técnico deixou o Atlético-GO na vice-liderança do Estadual e classificado na 2ª fase da Copa do Brasil.

Guto Ferreira

O ano de 2019 foi bom para o Sport sob o comando de Guto Ferreira. A equipe foi campeã estadual e ainda subiu para a Série A do Brasileirão, com o vice-campeonato da Série B. O Ano de 2020 parecia promissor, no entanto, os resultados não vieram e o treinador acabou demitido ainda em fevereiro, após a eliminação para o Brusque na Copa do Brasil.

Assim, o treinador deixou a equipe após nove jogos no ano, com apenas uma única derrota, mas seis empates e apenas duas vitórias, 44,4% de aproveitamento. Em toda essa sua última passagem pelo Sport, o treinador disputou 54 jogos, venceu 25, empatou 23 e perdeu apenas seis.

Rafael Dudamel

O treinador estrangeiro foi contratado pelo Atlético-MG na expectativa de um projeto de longo prazo. No entanto, o que tivemos foi uma demissão bastante precoce. Após apenas 10 jogos no comando do clube, Dudamel foi demitido junto com toda a sua comissão técnica e ainda com o então diretor de futebol Rui Costa e o gerente de futebol Marques.

Os resultados iniciais não foram nada bons no trabalho do treinador venezuelano, com quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas. Para piorar, o Galo sofreu duas eliminações, na 1ª fase da Copa Sul-Americana para o Unión-ARG e na 2ª fase de Copa do Brasil para o Afogados-PE. Essa última, considerada um vexame, foi a gota d’água para a diretoria atleticana fazer mudanças drásticas no time.

Treinadores demitidos de times que disputam a Série B em 2020:

Adilson Batista (Cruzeiro)
Augusto Inácio (Avaí)
Daniel Paulista (Confiança)
Felipe Conceição (América-MG)
Gilson Kleina (Ponte Preta)
Hemerson Maria (Chapecoense)
Marquinhos Santos (Juventude)   
Maurício Barbieri (CSA)
Wagner Lopes (Botafogo-SP)

Fonte: Betsul




Treinadores demitidos no Brasil em 2020 Treinadores demitidos no Brasil em 2020 Reviewed by Ribamar Xavier on 31.3.20 Rating: 5

4 comentários:

  1. Faltou o Gustavo Papa, do Brasil de Pelotas - RS, demitido quando da paralisação do Coronavirus.

    ResponderExcluir
  2. Esqueceram o Brasil de Pelotas que dispensou também seu treinador.

    ResponderExcluir
  3. A diretoria do Juventude demorou pra acordar pra vida.

    ResponderExcluir
  4. Me permita uma correção. Felipe Conceição não foi demitido do América/MG. Ele saiu por vontade própria, após ter recebido uma proposta do Red Bull Bragantino.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.