Repórter da Guaíba sofre agressão no pós-jogo de Internacional x Atlético/MG

(Reprodução)
Cerca de 90 minutos após o apito final da partida entre Internacional x Atlético/MG, na tarde deste domingo (8), no Beira Rio, a repórter da rádio Guaíba de Porto Alegre, Laura Gross, acompanhada de um motorista da emissora, percebeu uma briga entre torcedores vestindo vermelho contra outros de branco, na sinaleira em frente ao Nêgo Véio Sport Bar, na Avenida Padre Cacique.

Ao descer do carro para filmar a cena de um torcedor jogado no chão, sendo agredido por quatro pessoas, com chutes na cabeça, Laura foi abordada por um dos agressores e empurrada. O mesmo homem, ao ver o celular da jornalista cair no chão, o chutou na tentativa de que não mais houvesse captação de imagens. Um dos agressores ainda arremessou objetos no vidro traseiro do veículo da rádio, que acabou quebrado. A narrativa foi publicada pelo Coletiva.net.

 O resultado do episódio foram quatro torcedores que participavam da briga feridos, dois deles internados em estado grave. Os agressores de Laura e o autor da quebra do vidro já foram identificados. A jornalista registrou Boletim de Ocorrência após o fato, mas afirmou que não sabe se vai processar o agressor. "Espero que o Ministério Público puna todos que participaram dessa barbaridade", afirmou.





Repórter da Guaíba sofre agressão no pós-jogo de Internacional x Atlético/MG Repórter da Guaíba sofre agressão no pós-jogo de Internacional x Atlético/MG Reviewed by Ribamar Xavier on dezembro 09, 2019 Rating: 5

4 comentários:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.