Pedro Ernesto Denardin polemiza em narração de gol do título do Athletico/PR: 'não merece o meu reconhecimento'

O narrador Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha de Porto Alegre, polemizou na narração do gol que deu o título da Copa do Brasil ao Athletico/PR, na última quarta-feira (18).


Após o lance de Marcelo Cirino e a finalização de Roni, Pedro Ernesto disse que o Athlético era “um campeão que não merece o meu reconhecimento” devido ao que ele considerou cera e anti-jogo.

“Posso até admitir que tenha vantagem, que tenha justiça dentro da conquista que tem, mas é um festival de coisa anti-ética e impressionante desse treinador Tiago Nunes, treinador  gaúcho, que está vibrando e que fez essa porcaria dentro do campo”, afirmou.

Ouça no player abaixo em uma cortesia do blog Rádioamantes de Rodney Brocanelli.







Pedro Ernesto Denardin polemiza em narração de gol do título do Athletico/PR: 'não merece o meu reconhecimento' Pedro Ernesto Denardin polemiza em narração de gol do título do Athletico/PR: 'não merece o meu reconhecimento' Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, setembro 20, 2019 Rating: 5

32 comentários:

  1. Nossa, fujam para os montes. O Pedro Ernesto não chancela a conquista da CB pelo Athlético.

    Velho caquético, bairrista e ordinário. Pro inferno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que diferença faz pro Atlhético esse morto-vivo chancelar ou não alguma coisa? No jogo de ida o Inter foi campeão na cera em campo. O Paulo Vitor mesmo dos 90 minutos em campo passou mais tempo deitado no gramado do que em pé.

      Excluir
    2. Você quis dizer "Marcelo Lomba" né?

      Excluir
    3. Nojo desse 💩 ele tem que narrar só o Gaúcho assim ele pode narrar com as emoções dele Velho de 💩

      Excluir
  2. Mas é uma barbaridade essas coisas que o Pedro disse, isso só prova o coloradismo dele,a cera tem em todos os jogos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ou menos né? Vamo combinar q o Atlético ganhou a taça da cera TB.

      Excluir
  3. concordo plenamente com ele.Bem fez o inter não aceitar a medalha de segundo lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É...pra concordar com ele tem que ser do mesmo nivelzinho que ele....lamentável

      Excluir
    2. Sou daqui de Curitiba , que anti profissionalismo desse senhor que se diz narrador , o Inter veio a Curitiba para se defender também , não se esqueçam desse detalhe , o Atlético engoliu esse time do inter e faça o favor , engoli o xoro

      Excluir
  4. Este Pedro Ernesto, com todo o respeito, e o maior idiota da cronica esportiva gaucha. E um torcedor doente transvetido de narrador.

    ResponderExcluir
  5. Ta ficando caduco esse pedro Ernesto
    Aceita que doi menos.

    ResponderExcluir
  6. Choradeira rasteira de derrotado. Sou pernambucano e virei torcedor do Athletico por causa da seriedade do projeto desse time, que começou em 2001, isso não é obra do acaso. Despreza totalmente o estadual, no que faz muito bem, e investe em títulos nacionais e continentais. Parabéns, Athletico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não despreza o estadual, tanto que o atual campeão, aliás bicampeão! Jogando com sub 23!!!

      Excluir
  7. Pobre Pedro Ernesto , não consegue disfarçar.todos os times fazem cera , isso faz parte do futebol.sofre colorado junto com o guerrinha.

    ResponderExcluir
  8. Esse Pe dro é um baita colorada vai catar coquinho me

    ResponderExcluir
  9. O choro é livre,saiu do armário colorado,Parabéns tão empatado com o juventude kkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Se fosse o Grêmio ou o Inter estava tudo bem,mas como foi o Atlético não pode.viva o imortal tricolor

    ResponderExcluir
  11. Lastimável...está é a única palavra que cabe a tão mesquinha manifestação...

    ResponderExcluir
  12. UM ABSURDO O QUE A MIDIA NACIONAL FEZ COM O ATLHETICO PARANENSE! Foi totalmente boicotado, nem a premiação a Globo mostrou. Só ficou no canal fechado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Globo não ia mostrar igual se o Inter ganhasse...pra isso tem canal fechado. Te liga... não tem nada de absurdo com Atletico....no mínimo é gremista né amigo?

      Excluir
    2. Quando o Luis Roberto foi chamar o SEGUE O JOGO ele disse que o estado do Paraná seguiria com a comemoração, e o resto do Brasil assistiria o programa SEGUE O JOGO, mesmo assim dentro do programa eles mostraram a premiação e o levantamento da taça, e em seguida encerraram em definitivo a transmissão.

      Excluir
    3. É que naquele momento teve divisão de rede, o PR ficou com a cobertura da equipe local, com Rogério Tavares e outros do GE PR e ficaram alternando com a rede nacional.

      Excluir
  13. Cara só tenho uma coisa a dizer sou colorado Pedro tem toda razão provocar anti jogo e bobagem que nem esse treinador deles falou a semana inteira isso tem que acabar no futebol quer ibope Tiago Nunes vai pro zorra da le colorado fora Odair

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro Ernesto eu tinha dúvida que você era Colorado agora provou você é Doente vou pra Rádio Grenal não Nara mais jogos do Grêmio tá!

      Excluir
  14. Wellington Martins tá deitado no beira rio até agora,o homem réptil kkkk, mas parabéns ao Atlhético.

    ResponderExcluir
  15. E aquele bosta que falou que o atlético ia ser garfado onde ele está ?

    ResponderExcluir
  16. É muito triste! Um time derrotado , não reconhecer a vitória do oponente, que graça teria o footebol,sem um time adversário,para nós alegrar nas nossas vitórias,ou nos deixar triste, quando perdemos.

    ResponderExcluir
  17. Lamentável essa narração. Na verdade é agourento e arrogante. Dava como certa uma final GRENAL. Eu como gremista reconheço o mérito do Athletico e o que foi porcaria foi a atuação do Grêmio no segundo jogo e do Inter no primeiro jogo e no segundo tempo da finalíssima. Venceu quem mereceu!

    ResponderExcluir
  18. Chorororo de morango...morango assumido

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.