Coluna do Professor #258, por Albio Melchioretto


Colunista diz que canais esportivos têm, por essência, mostrar eventos esportivos, mas que os mesmos perderam várias competições. E faz lista.


(Reprodução)
O CHORO É LIVRE!

O que faz um canal ser esportivo? A pergunta parece ser óbvia, as transmissões esportivas; o editorial de esportes; um discurso voltado ao esporte. Certo? Há de se considerar que em alguns finais de semana, o Fox Premium tem maior tempo de programação esportiva, ao vivo, que o BandSports. E então? Jean Paul-Sartre diria que a existência precede a essência. A existência do BandSports é esportiva, mas sua essência… Noutro lado algumas participações exóticas, Newporth; Sobradinho; SkyBlu… equipes que desfilaram nas telas, faz pouco tempo. A existência deles fez a essência de alguns canais esportivos.

Algumas competições ficaram pelo caminho. E pior que isso, nada veio para seu lugar. Nos últimos anos perdemos diversas competições. E nada de novidade ocupou o lugar de algumas. A coluna cita alguns exemplos de competições que foram perdidas. O choro da viúva. O Francês já esteve no Sportv e ESPN. O Italiano Série A na Fox Sports; ESPN nos últimos tempos, e Série B no Bandsports. Ops, o Belga e o Escocês também! O Japonês que nos anos de 1990 desfilou na Manchete, teve uma temporada na ESPN HD, que depois a ESPN+ (atual ESPN2), mas só. O Turcão apareceu no Bandsports e ESPN com clássicos. Eita Bandsports, teve também o Colombiano. E a Copa Sul-americana, o que dizer dela?

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio
A ESPN também perdeu o Russo; tem e não mostra o mexicano… Alguém lembra da Superliga da Índia no finado Esporte Interativo? E o crème de la crème, que hoje está no Facebook, já teve um final em 1979, mostrada em VT pela antiga TVS do Rio de Janeiro (hoje SBT), depois dançou por várias casas como Globo; Cultura; Manchete; Record; Record News; Rede Mulher; RedeTV!, Band, Esporte Interativo…

O ponto é, o que faz um canal esportivo não mostrar esportes? E claro, o foco aqui é futebol. O que faz um canal não mostrar futebol? Vejam que anotei apenas competições internacionais. Existem competições a se explorar… tem o mundo árabe; a América, a Ásia… não há como aceitar a passividade dos canais que existem por esportivo e negam sua essência. Não tem direito de transmissão? Aprendam com a GolTV como se faz...





Coluna do Professor #258, por Albio Melchioretto  Coluna do Professor #258, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on domingo, setembro 01, 2019 Rating: 5

11 comentários:

  1. Os canais estão economizando em direitos, deixando debates e programas.
    Até a poderosa Globo, esse ano não envia equipe in loco para os jogos do Brasileirão no Premiere.
    Sujeito paga 90 reais pra assistir um jogo narrado de um estúdio em São Paulo, quase em som ambiente e com o pós jogo num site. Nada mais artificial.
    Pense num produto caro e sem maiores atrativos. Vc praticamente só recebe os jogos mesmo e um canal com reprises.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já percebi em algumas transmissões da Série B no Premiere que até na quantidade de câmeras estão economizando, imagina gastar em direitos de transmissão que não vai se ter certeza de que trarão retorno

      Excluir
    2. Concordo contigo e agora temos também o estilo arquibancada de transmissão, não tem direito de exibir uma competição, faz um mix de rádio na tv paga.

      Excluir
  2. O que esse Canal GolTV tem de tão diferente?

    ResponderExcluir
  3. Exceção ao italiano, ninguém assiste os campeonatos citados. Ainda assim, eles custam dinheiro. Em tempos de crise, fica difícil mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, quer um monte de campeonato mas no fim das contas vai ficar no combo ingles, espanhol num maximo um italiano e champions de meio de semana

      só, pra que grego, russo, turco se da traco de audiencia ?

      Excluir
  4. As TV's num geral se acomodaram com essa nova realidade econômica que vivemos. Preferem ficar com debates mediocres do que apostar em futebol de outros lugares (como se só existisse Europa e América).

    Uma lástima. Ninguém quer saber de inovação. Quem perde? Nós, os espectadores.

    ResponderExcluir
  5. Acredito que há duas razões. A primeira é que acabou a farra de dinheiro público para emissoras de tv, em segundo acredito em corrupção. Pra onde está indo o dinheiro dos assinantes e dos patrocinadores? Há, e tem o Dazn, e digo mais, a tendencia é tv a cabo cada vez mais esvaziada, e ainda reclamam de pirataria!

    ResponderExcluir
  6. Quem adora esporte olímpico como eu, depende do Sportv e de vez em quando Bandsports. É uma lástima!! Você paga pacote de esportes para operadora e recebe canais com programação repetida de futebol. E da-lhe sub 20, sub do sub, campeonato chinês, turco e etc. A audiência de Jogos Pan-americanos e Olimpíadas mostram que há publico para várias modalidades. Ainda bem que hoje diversas federações internacionais como judô, canoagem e ciclismo, disponibilizam em seus sites, os links com eventos ao vivo.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.