Após demissões, ESPN define novos nomes para comando do jornalismo

(Reprodução)

A ESPN deu mais um passo em seu processo de reestruturação no Brasil. De acordo com o Yahoo!, após a demissão de profissionais, a emissora já tem os novos nomes que irão ficar à frente do conteúdo da emissora.


Embora não tenha sido realizado um anúncio oficial, em uma conversa interna da diretoria da Disney e ESPN com toda a equipe da redação, na tarde desta quarta-feira (14), Rubens Pozzi foi anunciado como o novo chefe de redação. Ele, que já desempenhava o papel de editor, herdará as responsabilidades que eram de Arnaldo Ribeiro, coordenando o dia a dia do conteúdo da ESPN. João Simões, que estava à frente da área de programação, tem duas décadas na empresa, e passa a ser o novo chefe de produção.

Os funcionários do canal ouviram também que, apesar de estar nos planos da ESPN promover mudanças na programação e identidade visual, a emissora manterá profissionais que já faziam parte da casa e que inclusive foram convidados, durante a reunião geral a contribuir na reformulação do canal. Embora estejam previstas mudanças na programação, a emissora não irá mexer em programas consagrados, como os tradicionais 'Linha de Passe', 'SportsCenter e 'Resenha ESPN'.

Ainda segundo o Yahoo!, um estudo de programação foi encomendado pela ESPN com o objetivo de preservar o que a emissora considera o que tem de melhor. Ao mesmo tempo, dentro da programação devem surgir novidades dentro dos próximos meses, além de novos nomes para a equipe de jornalismo, alguns já em fase de conversa.

Internamente a mudança é tratada como uma reformulação e reestruturação do canal, que passará a investir dentro dos próximos meses em novos formatos, bem como na busca de novos direitos de transmissão de competições.





Após demissões, ESPN define novos nomes para comando do jornalismo Após demissões, ESPN define novos nomes para comando do jornalismo Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, agosto 15, 2019 Rating: 5

7 comentários:

  1. Acompanho a ESPN desde de 1998 espero que ela continue a ser um bom canal de esportes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que volte a ser um bom canal de esportes, pq ultimamente era um péssimo canal de debate brocha.

      Excluir
    2. Eles poderiam tentar uma parceria com a Globo para a transmissão da Série A do Brasileirão e de alguns estaduais como paulista e carioca. Não entendo como que um canal desse foque apenas nos europeus.....

      Excluir
  2. Seria legal se os canais ESPN passassem mais programas da ESPN Americana. Antes era transmitido várias edições do SportsCenter aqui não só dos EUA, mas também o Latino e eles tiraram. Também tinha o Monday Night Countdown e vários outros que pararam de serem transmitidos.

    ResponderExcluir
  3. caramba, o que deu na cabeça deles, querer mudar tudo bem, mas demitir pessoas competentes e do alto nível da emissora...não deu pra enteder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. unknown tomará o foxsports contratar o pessoas que forão demitidos da espn eles são ótimos jornalistas ia ser legal eles forão para o foxsports.

      Excluir
  4. Sou fã do canal em especial do linha de passe e do bola da vez. Podiam ter mexido no bbdebate, que apesar de nomes bons como Bertozzi, Unzelti e Nicola, eu nao consigo mais assistir. O Vicari é insuportável e o Rômulo vai muito bem narrando, mas como comentarista e também insuportável.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.