German Hartenstein deixa a direção geral da ESPN no Brasil


Com a aquisição da FOX pela Disney, Michel Piestun, assumiu como gerente geral da Disney no Brasil, cargo que ocupava na FOX. De acordo com o Tela Viva, também está sob sua responsabilidade a ESPN. Com isso, German Hartenstein deixa a direção geral da ESPN no Brasil, posição que ocupava desde 2005.

(Artur Nobre/Meio e Mensagem)
A ESPN será a marca única de esportes em televisão do grupo no país, uma vez que a Disney terá de se desfazer dos ativos do FOX Sports. Esta foi a condição do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para aprovar a fusão dos grupos no Brasil.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



German Hartenstein deixa a direção geral da ESPN no Brasil German Hartenstein deixa a direção geral da ESPN no Brasil Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, abril 26, 2019 Rating: 5

9 comentários:

  1. Já vai tarde. Destruiu a grade. Quem tinha Jornal do Tênis, do Volei, Mar Brasil, Jogos Abertos, US Gymnastics, Limite, Amsterdam e Emirates Cup, Liga Nacional de Handebol, UCL com 90% do jogos ao vivo ou em VT, e com Flávio Pereira, Roby Porto, Werneck e Zimmerman, Americas's Cup e muitas outras atrações, hoje está resumido à 750 edições diárias de Blá-Blá-BláTe Bolas, com uma equipe de comentaristas medíocres e narcisistas.
    Canal de esportes que não passa ... esportes.
    A Disney deixou 'abrasileirarem' a coisa e conseguiram ... da pior maneira. A endêmica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc acredita que via melhorar com o cara que comandava a FOX, pode esquecer. Afinal, é um dos que defende a "farofa" na programação ao invés da qualidade e ajudou a implantar a linha editorial do FOX Sports no Brasil (ai numa opinião pessoal, não curto de jeito nenhum) e a dublagem em quase 100% dos canais do grupo. Deixando quem gosta de ouvir no som original sem opção!

      Excluir
  2. Vai precisar de sorte,competência e muito dinheiro pra rerguer o canal.
    Nesse ano tá perdendo até pro SporTV2.

    ResponderExcluir
  3. A pergunta que fica agora é...vem mais da Fox pra ESPN?

    ResponderExcluir
  4. Se a ESPN perdeu a UCL,para o EI, com certeza não foi culpa dele,a matriz que foi surpreendida pela time/Warner!

    ResponderExcluir
  5. Espn ficou ruim mesmo pouco esporte só bla blá comentarista pifiu só mauro cesar se salva não tem italiano ucl copa do Brasil pode fechar desse jeito

    ResponderExcluir
  6. Gostava da ESPN raiz do século passado e começo do séc.21 com as narrações da NBA com Ivan Zimmermann e os jogos da Champions League narrados por Lívio Reis e comentários de José Inácio Werneck

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais fácil eles contratarem o Luis Inacio e a Tatá Werneck.

      Excluir
  7. Pow até que enfim achei uma galera que acompahava a ESPN da época de Bristol com aqueles excelentes profissionais que viviam nos EUA e no início trabalhavam num estúdio que mal cabia o Ivan Zimmermann mas que foram evoluindo e trouxeram muitas narrações de altíssima qualidade. Pena que a finada ESPN International foi praticamente obrigada a transferir as bases do canal pra essa ESPN "amadora" Brasil e o pior foi a demissão de todos os profissionais que transmitiam de Bristol e tivemos que engolir a seco esses amadores.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.