Luxemburgo convida Mauro Cézar para um debate sobre futebol; comentarista aceita


O técnico Vanderlei Luxemburgo, atualmente sem clube participou da edição desta segunda-feira (22) do 'Futebol na Veia' da ESPN Brasil e, na oportunidade não só negou ser ultrapassado, como chamou o comentarista da emissora, Mauro Cézar Pereira para um debate.

"Eu proponho esse debate. Mas eu acho que tem coisa boa no Brasil. Você pode não gostar do Luxemburgo, do Felipão, mas são vencedores. Então, parece perseguição. Ele (Mauro) me bate todo dia. Eu estou até calejado. Então eu estou aqui no local de trabalho dele, propondo um debate para saber o que ele acha ultrapassado, o que ele acha velho e eu gostaria de falar sobre futebol, sobre a experiência e como ela me deixou mais preparado para o futebol. Um programa como esse aqui, sem briga, com perguntas boas, respostas, um tempo legal, para ouvirmos as ideias", propôs Luxemburgo.

Mais tarde, no programa 'Linha de Passe', Mauro Cezar disse aceitar o debate, desde que forma civilizada. Ele ainda rebateu cada um dos pontos levantados por Luxemburgo. "Sobre seu desafio para o debate, o seu assessor tem o meu contato. Ele pode me ligar que eu não vou receber ele mal, com palavrões, de forma nenhuma. Vamos conversar civilizadamente, desde que você seja capaz de fazer", disse o comentarista.

O treinador também citou um problema recente de Mauro Cezar nas redes sociais. Na ocasião, o comentarista expôs um xingamento no Twitter e o nome da empresa em que trabalhava o autor da ofensa. "A gente viu que ele teve um problema com uma pessoa no Twitter, que ele ligou na empresa do cara, e o mandaram embora. Esse tipo de coisa acho covarde, desonesta. (…) A gente, que é pessoa pública, tem que aguentar os xingamentos. Eu já aguentei coisa de todo tipo", disse Luxemburgo

(Reprodução/ESPN)
André Plihal, que apresentou o programa, aceitou a proposta de debate de Luxemburgo, mas defendeu seu colega sobre o que ocorreu no Twitter. "Você tem o espaço aqui para chamar o Mauro, isso a gente garante. Tenho certeza de que ele vai te responder, ou que vocês vão ter a chance de fazer esse debate. Só quero fazer a ressalva de que o Mauro não pediu a demissão de ninguém. Ele também não é obrigado a aceitar qualquer xingamento e, expondo as pessoas que fazem isso, ele inibe outras. Eu concordo com a atitude dele. E, para esclarecer, quem tomou a decisão de demitir o funcionário foi a empresa por conta da conduta do próprio", disse.

Ainda no 'Linha de Passe', Mauro Cezar se manifestou sobre os comentários de Luxemburgo. "Ao final do programa, ele fez referências ao meu respeito. […] Está há 541 dias fora do mercado, então não bato nele porque ele não é pauta. Falou que eu coloco todos os técnicos em um saco só. Mentira. Não digo que são todos ruins. Fernando Diniz, Renato Gaúcho, Mano Menezes, Roger Machado… e o próprio Felipão, que mereceu elogios pelo trabalho no Brasileirão. Os times reativos que jogam se preocupando em não perder antes de não ganhar. Um futebol medíocre praticado pela maioria dos treinadores por aqui, com exceções. O próprio Luxemburgo, quando era o melhor técnico do Brasil, armava times agressivos. O Luxa me criticou por falar que mandar embora pode ser uma solução. Os técnicos que fazem trabalhos ruins podem ser mandados embora assim como outros profissionais. O melhor remédio para isso é fazer um bom trabalho", começou Mauro.

"Achei um golpe baixo ele distorcer totalmente a história do que aconteceu no Twitter. Durante um jogo do Flamengo, escrevi tweets criticando a atuação do time e fui xingado com muitos palavrões por um usuário. O autor das ofensas ostentava em seu perfil o nome da empresa em que trabalhava. Mandei sim um email para a empresa dele perguntando se concordavam com aquilo. Não pedi a demissão. Primeiro, a empresa me respondeu dizendo que tomaria providências. Pedi que o reorientassem, pois a atitude não era correta. A empresa demitiu o autor das ofensas e, mais tarde, me enviou outro email contando que a demissão não se deu por uma atitude isolada. E pudemos ver isso no Twitter desse usuário. Tenho toda essa conversa registrada", acrescentou o comentarista.

"E o Luxemburgo usou muito a palavra covarde. Covarde é quem fala pelas costas. Eu sempre falo aqui, na lata, para quem eu quero ouvir. E o seu assessor tem o meu contato. Ele pode me ligar e marcar essa discussão. Eu concordo em discutir civilizadamente, desde que você o faça", finalizou Mauro Cezar.

Com informações do UOL Esporte

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Luxemburgo convida Mauro Cézar para um debate sobre futebol; comentarista aceita Luxemburgo convida Mauro Cézar para um debate sobre futebol; comentarista aceita Reviewed by Ribamar Xavier on terça-feira, abril 23, 2019 Rating: 5

9 comentários:

  1. Mauro Cezar é um babaca, não conseguiria ficar 5 minutos numa sala respirando o mesmo ar condicionado com esse cidadão.

    ResponderExcluir
  2. O Mauro Cezar é um dos melhores comentaristas da atualidade. Às vezes ele poderia criticar de forma mais leve. Não está errado em nada que fala, mas as pessoas pensariam melhor no que ele fala se ele fosse menos ofensivo. Falo isso até pra pessoa dele. Acaba criando muitos opositores e isso não vale a pena.

    ResponderExcluir
  3. Mauro quer um debate de forma civilizada? Como assim? Pensei que esse debate que fosse marcado seria civilizado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o mesmo que esperar a Venezuela ser campeã do mundo né. kkk

      Excluir
  4. Mauro César é diferenciado, na minha opinião um dos melhores na crônica esportiva. Conhecimento e capacidade crítica, o tiram da vala comum da grande maioria dos comentaristas.

    ResponderExcluir
  5. Mauro César é, SEM sombra de dúvida o comentarista que mais conhece o jogo de futebol jogado no século XXI. E é justamente esse desconhecimento dos nossos tecnicos sobre o futebol contemporâneo que faz com que nossas equipes apresentem esse futebol de péssima qualidade. Quanto ao debate, não tenho a menor dúvida de quem levará a melhor. O Mauro é claro! Agora um conselho ao Mauro. As regras têm que estar bem amarradas, caso contrário o Luxa pode te atropelar, pois como ele não tem argumentos categorizados, o infeliz abre aquela matraca e não deixa ninguém falar. Tenho visto ele em alguns programas (Bem Amigos) foi o último que vi e ele perde completamente o controle, atropela os demais debatedores, dá chilique, barbarisa, só não saiu no tapa, ainda, porque não encontrou um tonto como ele. Para finalizar gostaria de dizer que o Vanderlei só conseguiu sucesso na carreira, porque naquele período o jogo de futebol tinha como fator decisivo o fator técnico e como a maioria das equipe que ele dirigiu tinha os melhores jogadores (Parmalat-muito dinheiro) ele se saiu muito bem. Hoje o fator preponderante num jogo de futebol é o tático e nessa seara ele morre abraçado aos velhos paradigmas.

    ResponderExcluir
  6. Que o grande Luxa destrua o dublê-de-jornalista, amassando-o sem piedade.
    As máscaras sempre caem. E a batata desse Mauro "menino-enxaqueca" Cezar já está assando.

    ResponderExcluir
  7. Mauro cezar e desrespeitoso com as pessoas que discordam das opniaos dele. Postura arogante demais. Uma coiisa e critica outra e desmoralilzar um proissional. to com luxemburgu nessa

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.